Continua após publicidade

Mais de 48 milhões têm créditos para vencer na Nota Fiscal Paulista

Os valores poderão ser cancelados se não forem requeridos até sábado (16); saiba como consultar e sacar

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
14 out 2021, 09h47

Mais de 48 milhões de consumidores têm créditos a serem resgatados da Nota Fiscal Paulista. Os valores poderão ser cancelados se não forem requeridos até sábado (16), diz a Secretaria da Fazendo de São Paulo.

No total são 48.025.033 CPFs nessa situação. O número inclui os consumidores que já têm cadastro no programa e os que ainda não estão cadastrados, assim como condomínios residenciais, entidades beneficentes, empresas e MEI.

Anteriormente, o prazo de vencimento para resgate de valores da Nota Fiscal Paulista era de cinco anos. Porém, com base em projeto proposto pelo governador João Doria, o limite passa a ser de doze meses. A medida passa a valer a partir do próximo domingo (17) e créditos não resgatados deverão ser cancelados.

O site da Nota Fiscal Paulista tem apresentado falhas em decorrência da alta demanda de consumidores. A Fazenda diz que está monitorando o funcionamento e recomenda que, caso haja instabilidade, os consumidores tentem acessar o sistema em outros momentos do dia. Veja aqui como saber se você tem valores e como sacar.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.