Clique e assine com até 89% de desconto

Iraniano é esfaqueado por parentes no Aeroporto de Guarulhos

Após acompanhar os jogos da Copa, estrangeiro tentava embarcar para o Irã quando foi atacado nesta quarta-feira (2)

Por Redação VEJASAOPAULO.COM Atualizado em 5 dez 2016, 14h19 - Publicado em 2 jul 2014, 20h44

O iraniano Farhang Goudarzi, de 35 anos, foi esfaqueado por quatro parentes no Terminal 2 do Aeroporto de Guarulhos, na Asa D, na tarde desta quarta-feira (2). Após acompanhar os jogos da Copa, o morador de Teerã tentava embarcar para o seu país de origem quando foi atacado.

+ Polícia diz que morte de zelador pode ter sido premeditada

O delegado Ailton Muniz disse que os estrangeiros se desentenderam no local onde estavam hospedados na noite dessa terça-feira (1). Com medo, Goudarzi mudou de hotel. Mas, quando tentava embarcar para o Irã, ele foi atacado.

+ Site mostra os dez criminosos mais procurados de São Paulo

Ainda de acordo com Muniz, um dos suspeitos sacou um estilete e atingiu Goudarzi na cabeça, fazendo um corte grande e profundo até a bochecha. O iraniano foi atingido também nos braços e na mão.

Continua após a publicidade

+ Homem morre após passar mal dentro da Arena Corinthians

Policiais que passavam pelo local socorreram o turista. Goudarzi foi encaminhado para o Hospital Geral de Guarulhos, mas já foi liberado.

Entre os suspeitos de praticar o crime está um rapaz de 16 anos. Eles estão detidos no aeroporto aguardando a chegada do cônsul iraniano. De acordo com Muniz, os agressores serão autuados por tentativa de homicídio e todos os envolvidos devem ser mandados para seu país de origem.

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade