Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Idosos abandonam asilo às pressas após incêndio na Zona Leste

Segundo bombeiros, 46 idosos foram transferidos da unidade por causa da fumaça intensa; um deles passou mal e foi atendido

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 28 ago 2021, 15h56 - Publicado em 28 ago 2021, 15h52

Idosos saíram às pressas de um asilo na Zona Leste de São Paulo na noite de sexta-feira (27), quando um incêndio atingiu uma indústria vizinha. Eles retornaram à casa de repouso na manhã neste sábado (28).

O fogo começou por volta das 22 horas em um setor da fábrica localizada no bairro da Vila Carrão, onde havia grande quantidade de madeira, segundo o Corpo de Bombeiros.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Como o local produzia objetos em MDF, o incêndio se propagou com rapidez e foi necessário esvaziar a casa de repouso vizinha à gráfica. Foram removidos 46 idosos e um deles recebeu atendimento médico após passar mal.

De acordo com a capitã do Corpo de Bombeiros, Luciana Soares, alguns deles já utilizavam suporte de oxigênio e todos foram transferidos a uma filial do asilo.

“Era um local com grande quantidade de madeira e equipamentos de marcenaria. A preocupação foi quando identificamos que era próximo a um lar de idosos”, disse a capitã Luciana Soares em reportagem do G1.

Os bombeiros lutaram contra o fogo por duas horas e os idosos puderam retornar ao asilo nesta manhã, pois o local não teve danos e foi liberado pela Defesa Civil.

Continua após a publicidade

Publicidade