Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Antigo Hotel Jaguar é reformado e se transforma em residência estudantil

Dezoito alunos já se mudaram para o prédio, que tem valores mensais a partir de 990 e 1 980 reais e fica a 600 metros da Cracolândia

Por Adriana Farias Atualizado em 14 fev 2020, 15h59 - Publicado em 17 ago 2018, 08h00

Construído nos anos 40 na esquina da Avenida Duque de Caxias com a Barão de Limeira, nos Campos Elíseos, o Hotel Jaguar demonstrava prestígio ao abrigar nomes como o cantor Roberto Carlos. A degradação do centro levou ao sumiço dos hóspedes, mas essa trajetória começou a mudar em 2016. Comprado pela incorporadora francesa MMC, o prédio de doze andares foi reformado e, no mês passado, reaberto como residência estudantil, em projeto da empresa Uliving.

A fachada do prédio: investimento de 20 milhões de reais Juliana Becker/Veja SP

Os 83 quartos, de 18 a 27 metros quadrados, contam com 125 camas. Manteve-se o visual externo, com um toque art déco, mas o interior ganhou novo estilo, com grafites do artista Ciro Schu. O investimento estimado é de 20 milhões de reais. A maior mudança ocorreu no 12º andar, onde foi instalada uma cozinha compartilhada. “Transformamos um depósito de máquinas fechado em um terraço com vista para o centro”, conta a arquiteta Gabriela Luna, responsável pelo projeto, ao lado de Juliana Becker.

Dezoito alunos já se mudaram para a residência, que tem valores mensais a partir de 990 e 1 980 reais e fica a 600 metros da Cracolândia.

Um dos quartos do local Atme Fotografia/Marco Estrella/Veja SP

Essa não é a única iniciativa do tipo que surgiu na capital. Com investimento de 40 milhões de reais, a Share Student Living lançou neste mês um imóvel de dezessete andares, com capacidade para atender 222 estudantes, no bairro da Consolação. O valor do aluguel parte de 1 199 reais por mês e metade das vagas está ocupada.

Continua após a publicidade

Publicidade