Clique e assine com até 89% de desconto

Homem atira acidentalmente e mata irmão gêmeo durante brincadeira

O disparo atingiu o rosto da vítima, que não resistiu aos ferimentos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 out 2020, 16h17 - Publicado em 21 out 2020, 16h16

Thomas Parkinson-Freeman, de 23 anos, foi preso acusado de homicídio na Flórida, nos Estados Unidos. Segundo as autoridades locais, ele foi detido depois de disparar acidentalmente contra seu irmão gêmeo, Mathias Parkinson-FreemanApesar de o crime ter ocorrido no último domingo (18), o departamento policial local divulgou na terça-feira (20) as informações sobre o caso. 

De acordo com o relato dos policiais, o acusado estava dentro de um carro brincando com o irmão e um amigo dos dois. Ainda no veículo, Mathias teria apontado um revólver para o gêmeo. 

Thomas também apontou um revólver para o irmão, mas atirou. Segundo as autoridades, o disparo atingiu o rosto de Mathias, que não resistiu aos ferimentos. Os investigadores do caso concluíram que a ação não foi legítima defesa, pois o acusado não viu intenção de o irmão atirar contra ele. 

Thomas alegou que sua reação foi automática e não soube explicar por qual motivo tomou a decisão de disparar. Os policiais encontraram maconha no carro, mas não informaram se há evidência de consumo da droga por parte dos irmãos. 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade