Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Boulos suspende campanha de rua após aliada testar positivo para a Covid

O candidato do PSOL afirma não ter nenhum sintoma, mas fará teste por precaução

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 nov 2020, 14h29 - Publicado em 24 nov 2020, 14h28

Guilherme Boulos (PSOL), candidato à Prefeitura de São Paulo, suspendeu campanha na rua após a deputada federal Sâmia Bonfim (PSOL) testar positivo para a Covid-19. “O contato que eu tive com a Samia foi absolutamente esporádico, ambos de máscara. Não tenho qualquer sintoma, mas por precaução decidimos fazer o teste e também tomamos uma decisão de, até sair o resultado, não fazer agendas públicas de rua”, explicou o candidato. 

Boulos afirmou que, assim que tiver o resultado da testagem, irá informar para a imprensa. Ele também disse que vai redobrar os cuidados em relação à segurança sanitária. Na última segunda-feira (23), Samia foi diagnosticada com Covid-19, e no dia 20 de novembro, ela esteve em um evento com o candidato do PSOL. 

Nesta terça-feira (24), Guilherme Boulos participou de uma reunião com agentes de segurança pública. Estiveram presentes o Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo, o Sindicato dos Delegados do Estado de SP e o Sindicato do Sistema Prisional do Estado. 

O candidato disse que pretende realizar concursos públicos para a Guarda Civil Metropolitana (GCM) e ouviu uma denúncia de falta de combustível, o que teria impedido viaturas da GCM de circular na última segunda-feira (23).

Continua após a publicidade
Publicidade