Gambá é visto circulando dentro de hipermercado na Zona Sul

Local fica próximo a uma área de Mata Atlântica, onde é comum a presença desse tipo de animal

Um cliente do Assaí flagrou uma cena inusitada enquanto fazia compras em uma unidade da rede na Zona Sul. O supermercado atacadista recebeu a “visita” de um animal silvestre que foi visto circulando pela loja. O bicho foi identificado como um saruê, conhecido também como gambá brasileiro.

O homem flagrou o gambá circulando sobre os refrigeradores da unidade da marca na Avenida Guido Caloi, no bairro Jardim São Luís. O local fica próximo a uma área de Mata Atlântica, onde é comum a presença desse tipo de animal.

Veja também

De autoria desconhecida, o vídeo passou a circular pelo WhatsApp e redes sociais e alcançou grande visibilidade após ser publicado no Facebook por um terceiro. O flagra já alcançou quase 3 milhões de visualizações desde a segunda (14).

O Grupo Pão de Açúcar, controlador da rede, informou que a unidade Guido Caloi está localizada “em região onde há mata, que pode abrigar animais silvestres”. O comunicado diz ainda que tanto os freezers quanto a loja foram higienizados e o animal foi devolvido à natureza sem quaisquer maus-tratos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Mario Luiz Balbino Junior

    Ele vem da mata que tem entre o mercado e o centro empresarial de São Paulo… Lá também tem um macaco que sempre aparece parte pedir comida, mas lá fora na mata, nas docas…