Continua após publicidade

Filho de Arlindo Cruz fala sobre vício do pai em drogas

"Eu não ficava quieto", diz Arlindinho Neto, que também contou como está sua relação com o pai atualmente

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
12 fev 2022, 16h07

Arlindo Domingos da Cruz Neto, o Arlindinho, relembra como lidou com o vício em cocaína do pai, o sambista Arlindo Cruz, em entrevista ao UOL.

“Eu conversava, sempre na base da conversa. O que eu não gostava, eu deixava explícito. Mas era uma questão dele e guardava pra ele. Às vezes absorvia, às vezes não. Mas eu não ficava quieto. Eu falava sempre”.

“No fundo ele fazia sempre o que queria. Pai é pai”, disse Arlindinho, que também é músico, em entrevista a Zeca Camargo.

View this post on Instagram

A post shared by Arlindinho Cruz (@arlindinhooficial)

Continua após a publicidade

“Eu sempre soube. Ele me contou quando eu tinha 11 anos. Eu peguei aversão a drogas. Trato bem todo mundo, até quem usa. Mas eu não uso. Minha vibe é completamente outra. Um cara tão vencedor, inteligente, amigo, educado. Meu pai só fez mal para ele. Ele fez bem para todo mundo. Mesmo sendo um cara maravilhoso, ele tinha esse ‘calcanhar de Aquiles’. Um vício, sua maior fraqueza. Era muito difícil”, contou Arlindinho em 2019, em entrevista a Rica Perrone.

Arlindo Cruz se recupera de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) sofrido em 2017. Desde então, o músico sofre com sequelas da doença.

+Divulgada primeira imagem de Arlindo Cruz após AVC

Continua após a publicidade

Arlindinho também relatou como está a interação com o pai quatro anos após o AVC. “Eu canto os sambas que faço para ele. Ele sorri, chora ou faz cara feia. Alguns ele não gosta. Os que ele não gosta eu boto para o canto. Ele dá um jeito de se comunicar. De alguma forma ele interage com a gente”.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.