Clique e assine por apenas 6,90/mês

Faria Limers na hora do almoço: gorjeta chega a 100 reais

Bufês e cafezinhos têm preços mais altos da cidade

Por Ana Carolina Soares, Mariana Rosario - Atualizado em 14 fev 2020, 15h47 - Publicado em 13 dez 2019, 16h16

Desde 2018, a sugestão de taxa de serviço subiu para 13% do valor da conta. Segundo dados da Associação de Bares e Restaurantes, como ela é opcional, o paulistano segue pagando 10%. Mas, na Faria Lima, a turma já desembolsa 15%, além de extras de 20 a 100 reais. O preço do bufê também é recordista por lá. No trecho “condado” da Faria Lima, só há o Mangai, por 81,90 reais o quilo durante a semana. Na Avenida Paulista, há cerca de quinze opções. A mais cara, o Bovinu’S, sai por 75,80 reais no mesmo período. Até o cafezinho fica mais salgado: a média da cidade está em 5 reais. Uma xícara no Octavio Café da região custa 10 reais, valor também recorde na rede.

Publicidade