Clique e assine por apenas 6,90/mês

Por passe livre irrestrito, estudantes acampam em frente à Prefeitura

Barracas estão montadas na entrada do Edifício Matarazzo; manifestantes querem ser recebidos pelo prefeito

Por Veja São Paulo - Atualizado em 5 dez 2016, 12h53 - Publicado em 15 jan 2015, 22h03

 

Estudantes estão acampados em frente à sede da prefeitura de São Paulo, no centro, desde o fim da manhã desta quinta-feira (15). Os manifestantes são da União Nacional dos Estudantes (Une) e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes), além de grupos formados por centros acadêmicos de universidades. 

Eles pedem passe livre irrestrito para todos os alunos – a prefeitura garantiu tarifa zero para quem está matriculado em escola pública no ensino fundamental, mas os universitários terão de comprovar renda para receber o benefício. 

+ Ato contra aumento da tarifa termina em quebra-quebra

+ Polícia entra em confronto com black blocs em manifestação

Enquanto as barracas estavam sendo montadas, o prefeito Fernando Haddad (PT) empossou o novo secretário de Educação da cidade, Gabriel Chalita (PMDB). 

Nesta sexta (16), um protesto convocado pelo Movimento Passe Livre (MPL) ocorre às 17 horas, com concentração na Praça do Ciclista, na Avenida Paulista. Eles pedem gratuidade na passagem e a revogação do aumento da tarifa do transporte de 3 reais para 3,50, que vigora desde o último dia 6 de janeiro. 

Continua após a publicidade
Publicidade