Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Estudante tem pernas queimadas durante trote

Nathália de Souza Santos, 17, anos, foi atingida por líquido ácido e teve lesões de terceiro grau 

Por Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 12h50 - Publicado em 4 fev 2015, 10h54

 

Uma estudante de 19 anos teve as pernas queimadas durante trote de alunos veteranos de uma faculdade de Adamantina, município a 578 quilômetros de São Paulo.

Na noite da última segunda-feira (2), a jovem Nathália de Souza Santos, 17, foi atingida por um líquido ácido que provocou lesões de terceiro grau em suas duas pernas. A agressão ocorreu no início das aulas da FAI (Faculdades Adamantinenses Integradas).

Estudante é morto em frente à universidade em Santos

Nathália diz ter sido agredida assim que desceu do ônibus, em frente à faculdade. A Delegacia da Mulher, que apura o caso, ainda não sabe quem são os agressores e quais substâncias foram utilizadas na preparação do líquido que queimou a estudante.

+ Confira as últimas notícias

Após o trote violento, a garota disse estar desanimada e pensa em abandonar os estudos. Ela havia entrado no curso de pedagogia. “Nem sei se quero fazer faculdade”, disse ela em entrevista a uma TV local.

Em nota oficial, a assessoria de imprensa da FAI afirmou lamentar o “trote violento” e disse que o fato ocorreu fora das dependências da instituição. A faculdade se pôs à disposição das autoridades para que os responsáveis sejam identificados e punidos. A FAI disse ainda que, se comprovada a participação de veteranos de suas turmas, eles poderão ser expulsos.

Continua após a publicidade
Publicidade