Continua após publicidade

Embarque para navio com show de Zezé e Luciano tem confusão e decepção

Dezenas de pessoas tiveram suas cabines canceladas horas antes de subirem na embarcação

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 19h14 - Publicado em 15 nov 2021, 17h57

Uma confusão marcou o embarque para o navio MSC Preziosa no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, neste domingo (14). O tumulto se deu porque dezenas de pessoas descobriram que suas cabines tinham sido canceladas horas antes da viagem, que teria destino em Búzios, no Rio de Janeiro. A principal atração do navio é o show de Zezé di Camargo e Luciano, que celebra os 30 anos de carreira. 

A produtora responsável pela venda de pacotes informou que o cancelamento ocorreu devido à determinação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de ocupação de somente 75% da embarcação. A temporada de cruzeiros marítimos foi aberta no último dia 5 pela Anvisa. Dentre os critérios para as viagens estão a citada lotação máxima de pessoas e a imunização completa dos passageiros e tripulantes, por exemplo.

Em entrevista ao g1, Marcio Caffer contou que comprou o pacote em fevereiro. Ele chegou ao Terminal Marítimo Concais por volta das 9h30 e saiu às 21h30, sem embarcar.  Durante horas, ele esperou para saber se conseguiria embarcar, sem sequer almoçar ou jantar. O casal Clarissa e Marcos Costa relatou ao UOL que também não conseguiu usufruir do pacote comprado no valor de R$ 13 mil reais. As pessoas que tiveram suas cabines canceladas foram informadas que poderiam aguardar desistências para tentar embarcar. 

Em nota, a MSC Cruzeiros informou que esse cruzeiro foi fretado por uma empresa de produção de eventos musicais e que a comercialização dos ingressos, gestão de reservas e informações ao público é de responsabilidade da empresa fretadora.

Continua após a publicidade

Já a empresa PromoAção, responsável pelo fretamento, alegou que após determinação da Anvisa para redução da capacidade dos navios, buscou alternativas para impactar o menor número possível de passageiros e que, no sábado (14), às vésperas do embarque, após esgotadas as possibilidades de readequação, cerca de 250 passageiros foram informados, por telefone ou e-mail, de que não poderiam embarcar devido às condições de redução do navio.

A PromoAção afirmou que os passageiros poderão escolher uma cabine equivalente em outro navio da temporada, carta de crédito para utilização em 2022 ou reembolso do valor da cabine no menor prazo possível. A empresa afirma que lamenta pelo ocorrido.

Em nota, a assessoria de Zezé di Camargo e Luciano disse que a dupla não tem relação alguma com as vendas do cruzeiro e que não foi informada sobre o público do show.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.