Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Corpo de Paulo Gustavo chega a cemitério para cerimônia de cremação

Apenas familiares e poucos amigos vão participar da última homenagem ao humorista

Por Redação VEJA São Paulo 6 Maio 2021, 10h34

O corpo de Paulo Gustavo, que morreu na última terça-feira (4) aos 42 anos em decorrência de complicações da Covid-19, chegou por volta das 8h40 desta quinta (6) em um cemitério de Niterói. Ele será cremado, mas a hora da cerimônia não foi divulgado. 

A assessoria de imprensa também não divulgou o local para evitar aglomerações. O salão onde haverá a cerimônia tem capacidade para apenas 20 pessoas por conta da pandemia e irão participar apenas familiares e poucos amigos. Um esquema de segurança foi montado no cemitério.

O humorista ficou internado por cerca de 50 dias. Após leve melhora, ele voltou a piorar e foi intubado no dia 22 de março. O boletim médico dizia que ele “necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva, para ser tratado de forma mais segura”. Paulo Gustavo sofreu outra piora no dia 2 de abril e passou a utilizar a terapia ECMO, que se assemelha ao uso de um pulmão artificial.

  • Publicidade