Continua após publicidade

Congonhas entra na lista de aeroportos a serem leiloados em 2018

Medida faz parte dos esforços do governo Temer para aumentar a receita pública diante da queda na arrecadação e contribuições

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 16 ago 2017, 21h18 - Publicado em 16 ago 2017, 21h13

O Ministério do Planejamento confirmou nesta quarta (16) a inclusão de Congonhas entre aeroportos que o governo pretende leiloar em 2018. O lugar é o mais movimentado entre os aeroportos administrado pela Infraero, recebendo mais de 200 000 pousos e decolagens por ano.

A medida faz parte das tentativas de aumentar a receita pública diante da queda na arrecadação e contribuições. A pasta diz não saber ainda quanto a venda representaria nesse montante, mas, de acordo com estimativas iniciais do Ministério dos Transportes, deve trazer um ganho de 5,6 bilhões.

Um dia antes, o ministro dos Transportes Maurício Quintella, havia afirmado a jornalistas que a concessão de Congonhas não estava definida, embora fosse defendida pelo Planejamento e pela Fazenda. De acordo com ele, a venda representaria um rombo nas contas da Infraero, já fragilizadas pela concessão de outros grandes aeródromos ao setor privado.

Continua após a publicidade

Outros 19 aeródromos administrados pela Infraero devem ser nas regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste devem ser leiloados em pacotes. Nesses casos, o modelo em estudo prevê que grupos interessados deem lance pelo bloco todo, ficando responsáveis por operar aeroportos superavitários (lucrativos) e deficitários (que dão prejuízo). 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.