Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mais de 40 cidades de São Paulo cancelam o Carnaval de 2022

A justificativa é o receio de uma nova onda de Covid-19; Sorocaba, Botucatu e Jundiaí estão entre as cidades que não terão festa ano que vem

Por Redação VEJA São Paulo 23 nov 2021, 15h42

Até o momento, 43 cidades do Estado de São Paulo cancelaram o carnaval em 2022 por receio de uma nova onda de Covid-19. Algumas das cidades que tomaram essa decisão foram Botucatu, Ubatuba, Sorocaba, Jundiaí, Mogi das Cruzes, Franca e Taubaté.

Enquanto algumas permitirão eventos e festas paralelas, outras cidades como Jundiaí decidiram proibir qualquer tipo de festa. Além da justificativa sanitária, alguns municípios também declararam não ter verba para a realização da festa.

+ Mais da metade dos hospitais de São Paulo não tem mais pacientes de Covid

Na capital, o Carnaval segue marcado e o prefeito Ricardo Nunes (MDB) planeja montar um comitê com outras capitais do Brasil, como Salvador, Belo Horizonte, Recife e Rio de Janeiro, para coordenar medidas e procedimentos para a festa de 2022.

A lista completa de cidades que cancelaram a festa até o momento é: Botucatu, Lins, Itápolis, Ibitinga, Borborema, Sorocaba, Jundiaí, Cabreúva, Jarinu, Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Itatiba, Itupeva, Marília, Mogi das Cruzes, Poá, Suzano, Salesópolis, Potirendaba, Franca, Mogi das Cruzes, Monteiro Lobato, São Bento do Sapucaí, Barrinha, Jaboticabal, Pitangueiras, Guariba, Pradópolis, Taquaritinga, Dumont, São Simão, Santa Ernestina, Guatapará, Monte Alto, Dobrada, Cunha, Natividade da Serra, Ubatuba, Taubaté, Santa Isabel, Roseira, Paraibuna e Santo Antônio do Pinhal.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicidade