Continua após publicidade

Camelôs protestam contra medida de Doria para Marginais

Entre os dias 8 e 15 de fevereiro, a GCM apreendeu cerca de 6 700 itens que seriam vendidos nas marginais

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 fev 2017, 16h43

Um grupo de camelôs protestou contra a medida do prefeito João Doria de tirar os ambulantes das marginais. Eles chegaram a fechar três faixas na Marginal Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, na altura da Ponte da Casa Verde, na tarde desta segunda-feira (20). Segundo a Companhia de Engenharia de Trafego (CET), o protesto começou por volta das 14h48 e dispersou às 15h30.

Como parte do programa Marginal Segura, a Guarda Civil Metropolitana apreendeu, entre os dias 8 e 15 de fevereiro, cerca de 6 700 itens que seriam vendidos irregularmente nas marginais Pinheiros e Tietê.

Segundo a prefeitura, foram abordados 45 ambulantes e apreendidos onze isopores, onze carrinhos e 119 sacos. A GCM usa também 54 câmeras espalhadas pelas vias para monitorar a presença de ambulantes nas marginais. O objetivo, segundo a prefeitura, é garantir a segurança de quem circula diariamente pelas duas vias expressas.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.