Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pancadaria generalizada em bar termina com garrafas e cadeiras arremessadas

Vídeos mostram pessoas trocando socos e empurrões após confusão que aconteceu nesta semana na capital paulista

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 30 set 2021, 17h55 - Publicado em 30 set 2021, 17h53

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento em que uma briga generalizada tomou conta do bar Quintal do Espeto, na Zona Leste da capital paulista, durante a noite de terça-feira (28). O caso ocorreu na unidade Tatuapé, na Rua Serra de Botucatu.

Imagens gravadas por clientes mostram cenas de agressões entre homens e mulheres. No vídeo, os frequentadores trocam socos, arremessam cadeiras, se empurram e jogam garrafas de vidro uns contra os outros.

De acordo com o G1, a discussão começou depois do término do jogo das semifinais da Libertadores entre Atlético Mineiro e Palmeiras, que era exibido no estabelecimento, e que resultou na classificação do time paulista.

As brigas seriam resultado de discussões que se iniciaram após o resultado do jogo. Além dos envolvidos no conflito, outras pessoas que não participavam da briga acabaram feridas, sendo atingidas por garrafas de vidro. Idosos, mulheres e crianças se esconderam no banheiro do local, para tentarem escapar dos objetos que eram arremessados.

Continua após a publicidade

Após o caso, o Quintal do Espeto divulgou uma nota nas redes sociais, em que afirma que “mesmo prezando pela segurança dos clientes, com uma brigada de doze seguranças, foi vítima de vândalos, que infiltrados entre os clientes promoveram desordem e agressão. O Quintal do Espeto solidariza-se aos envolvidos e informa ainda que acionou o departamento jurídico para prestar assistência aos clientes envolvidos”.

Procurada, a Polícia Militar afirma que foi acionada, mas ao chegar no local os que brigavam no bar “já haviam fugido”. “Os responsáveis [pelo bar] foram orientados sobre o registro da ocorrência no Distrito Policial, mas, preferiram registrar posteriormente”, diz a nota. “Diante disse, os agentes registraram os fatos em Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, o qual será remetido à Polícia Civil”.

View this post on Instagram

A post shared by Quintal do Espeto (@quintaldoespeto)

Continua após a publicidade

Publicidade