Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Boneco com rosto de Judith Butler é incendiado em protesto

Manifestantes atearam fogo em figura da filósofa americana, aos gritos de 'queimem a bruxa!'

Por Redação VEJA São Paulo 7 nov 2017, 19h03

Manifestantes contrários à palestra de Judith Butler no Sesc Pompeia atearam fogo em um boneco com uma imagem do rosto da filósofa na manhã desta terça (7). A cena chamou atenção e foi um dos assuntos mais comentados do dia nas redes sociais.

  • Um dos manifestantes gritou ‘queimem a bruxa’ e ‘no Brasil não!’ no megafone; outros apontavam crucifixos em direção ao boneco, que vestia roupas íntimas femininas. No local também havia um grupo favorável ao evento, convocado por profissionais do meio cultural, que saiu em defesa da filósofa.

    Ato em frente ao Sesc Pompeia, na Zona Oeste de São Paulo: grupo de manifestantes contra, e outro, a favor da palestra da filósofa americana Judith Butler Fábio Vieira / Fotorua / Estadão Conteúdo/Veja SP

    Conhecida por estudar questões de gênero, Judith foi convidada a falar sobre democracia em um seminário internacional que acontece até quinta (9). Os manifestantes “do contra” repudiam a vinda da filósofa, a quem atribuem a criação do que chamam de “ideologia de gênero”. Eles foram isolados e a palestra ocorreu normalmente dentro do prédio.

    Segundo informações da Polícia Militar, não houve ocorrências graves.

    Continua após a publicidade
    Publicidade