Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Capital autoriza retomada de aulas presenciais após fase emergencial

A informação foi publicada no Diário Oficial do Município nesta quinta-feira (1º)

Por Redação VEJA São Paulo 1 abr 2021, 11h40

O prefeito Bruno Covas (PSDB) autorizou a volta às aulas presenciais na rede pública e privada na capital a partir do dia 12 de abril. A medida vale caso a fase emergencial não seja prorrogada na cidade pelo governo do estado. A informação foi publicada no Diário Oficial do Município nesta quinta-feira (1º).

As aulas presenciais foram suspensas na cidade de São Paulo no dia 12 de março diante do aumento de internações e novos casos da Covid-19. Como medidas complementares, foram anunciadas a antecipação de feriados e a alteração no rodízio de veículos. O objetivo é reduzir a circulação de pessoas.

Já o governo estadual prorrogou a chamada fase emergencial, em que há toque de recolher e fechamento do comércio, até o dia 11 de abril. No último sábado (27), o governo paulista publicou decreto que declara a educação atividade essencial.

  • Publicidade