Petição é criada contra mudança de nome do metrô Vila Mariana

Abaixo-assinado conta com mais de 5000 assinaturas; projeto de lei quer rebatizar estação com nome de pastor

Um abaixo-assinado virtual contra a mudança do nome da estação Vila Mariana do metrô foi criado no site change.org na terça-feira (27). A petição, idealizada pelo fotógrafo Alexandre Frata, contava com mais de 5 600 assinaturas por volta do meio-dia desta quarta (28).

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa quer rebatizar a estação de Enéas Tognini-Vila Mariana, nome de um pastor evangélico.

A proposta é do deputado estadual André Soares (DEM) – filho do pastor neopentecostal Romildo Ribeiro Soares, popular na televisão como missionário R. R. Soares.

Enéas Tognini: pastor evangélico que inspirou projeto de lei (Foto: Divulgação) Enéas Tognini: pastor evangélico que inspirou projeto de lei (Foto: Divulgação)

Enéas Tognini: pastor evangélico que inspirou projeto de lei (Foto: Divulgação) (/)

O documento aguarda a sanção ou não do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tem até o final do mês para se pronunciar sobre o tema.

Não precisamos desse tipo de (des)serviço por parte dos deputados. Precisamos de mais segurança, educação, transporte público, moradia e igualdade social”, disse Frata em uma postagem em seu perfil no Facebook.

O abaixo-assinado também foi compartilhado por uma comunidade Vila Mariana nas redes sociais. “Assine e ajude a divulgar, para que nossa indignação chegue aos ouvidos do governador Geraldo Alckmin e ele vete esse projeto absurdo e tendencioso. O Brasil é um estado laico e a Vila Mariana também”, escreveram os moradores (confira abaixo a íntegra das publicações).

O deputado justificou a medida dizendo no documento que o religioso “ajudou a escrever parte da história da igreja cristã protestante no Brasil”.

O pastor nasceu em Avaré em 1914 e morreu em 2015. “Já na década de 1960, ele foi um dos grandes líderes do avivamento espiritual, que originou a Convenção Batista Nacional (CBN) e tornou-se presidente da entidade”, completa.

“O homenageado, vale ressaltar, também tem especial relação com a região objeto da homenagem”, diz o político. A sede da Igreja Batista do Povo fica na Rua Domingos de Morais, 1100, próximo à estação.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Com a crise econômica que o país enfrenta, não faz nenhum sentido trocar o nome de uma estação de metrô para homenagear um religioso.

  2. Já que virou festa, vamos trocar o nome de várias estações então: estação Sidney Oliveira – Saúde; estação Abilio Diniz – Ana Rosa; estação Rota – Tiradentes; estação Dom Paulo Evaristo Arns – Sé; estação Cracolândia – Santa Cecília.

  3. PASTOR ALEMÃO, PODE?