Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Viajar e Curtir Por Blog Tudo o que é preciso saber antes de embarcar para a viagem dos sonhos

Ciclovia inaugurada em janeiro desaba

Quem está curtindo o feriado no Rio deve ficar atento. Um trecho da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, inaugurada em janeiro, desabou na manhã desta quinta (21), levado pela ressaca do mar de São Conrado. A ciclovia, que é suspensa e junto ao mar, teve um pedaço de mais de 50 metros arrancado pela água. Está […]

Por VEJA SÃO PAULO Atualizado em 26 fev 2017, 12h18 - Publicado em 21 abr 2016, 14h01
cicloviario

Trecho de ciclovia que desabou nesta manhã (Crédito: Reprodução TV Globo)

Quem está curtindo o feriado no Rio deve ficar atento. Um trecho da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer, inaugurada em janeiro, desabou na manhã desta quinta (21), levado pela ressaca do mar de São Conrado. A ciclovia, que é suspensa e junto ao mar, teve um pedaço de mais de 50 metros arrancado pela água. Está interditada, assim como a Niemeyer. Técnicos da prefeitura ainda vão avaliar se há risco de outros desabamentos na ciclovia. Há informações de que cinco pessoas caíram no mar. Bombeiros fazem buscas no momento.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=lMnJoyEXojY?feature=oembed&w=500&h=375%5D

A ciclovia custou R$ 44 milhões, tem 3,9 quilômetros, 2,5 metros de largura e vai do Leblon a São Conrado e foi inaugurada pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB-RJ) no dia 17 de janeiro, que usou um triciclo elétrico. Na ocasião, ele declarou que a obra tinha “um efeito de integração incrível, já que juntou o bairro do Leblon e São Conrado”, e que tinha potencial para servir de trajeto para pessoas que utilizam bicicleta para ir trabalhar. “É a ciclovia mais bonita do mundo”, disse, referindo-se à vista livre para o mar. O trecho inaugurado foi o da primeira fase do Complexo Cicloviário Tim Maia, que irá até a Barra da Tijuca. (Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade