Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

“Ganhei um marido por causa da Vejinha”, conta ex-repórter da revista

Integrante da VEJA São Paulo nos anos 1990, Adriana Garcia entrevistou Luciano Huck e acompanhou os bastidores de um circo na cidade

Por Humberto Abdo Atualizado em 6 nov 2020, 14h57 - Publicado em 6 nov 2020, 06h00

“Ganhei um marido por causa da Vejinha”, crava Adriana Garcia, 48, ex-repórter da revista nos anos 1990. Gabriela Erbetta, uma das editoras na época, foi responsável por apresentar o próprio irmão à jornalista, com quem é casada há vinte anos. Entre resenhas de teatro e reportagens, Adriana chegou a produzir uma capa sobre Luciano Huck quando o apresentador começava a ganhar influência e passou uma semana convivendo com integrantes do Circo Garcia. “Era um tempo em que tinha domador de leão, elefante e até filhotes de macaco com fraldas, que lembro de visitar no ônibus”, conta. De sorveterias a casas noturnas, a repórter conheceu todos os comércios da Rua Augusta em uma “maratona” de apuração e visitou a Ciudad del Este, no Paraguai. “As sacoleiras estavam na moda e voltavam de lá com bugigangas e eletrônicos nas malas, enquanto eu mal tive tempo de voltar com um uísque”, brinca.

Publicado em VEJA São Paulo de 11 de novembro de 2020, edição nº 2712.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade
Publicidade