Entrou no ar o PTinder, perfil de namoro para esquerdistas no Instagram

Página estreou nesta quinta (24), com mais de 500 seguidores. As "companheiras idealizadoras" anunciam criação de aplicativo

Você está sem “crush” e fica com receio de paquerar porque teme que o possível “match” dê likes em questões como pena de morte? O PTinder pretende solucionar esse dilema. A página no Instagram lançada nesta quinta (24), com mais de 500 seguidores, tem o propósito de unir esquerdistas. Não precisa ser filiado ao PT, como o nome sugere. “Se você se porta contra a desigualdade social e não acredita que a Terra seja plana, aqui é o seu lugar”, explica um dos primeiros posts.

A advogada Maria Goretti Nagime, 35, uma das idealizadoras, ao lado da professora Elika Takimoto, diz que o lugar deverá apresentar os “partidões de esquerda”, com fotos dos “companheiros” no Stories. Mas nesse primeiro dia, apenas Che Guevara apareceu por lá…

No Stories, há dicas para achar seu amor, dada por um casal, Solange e Sandro. “Para encontrar um bom partido, a mulher precisa ver se o homem trata bem a mãe dele”, ela ensina. Sandro explica a importância de frequentar bons lugares, como universidades e palestras.

Posts no Instagram mostram que a página não é apenas um lugar de paquera, mas um espaço de debates. Anunciam também que um aplicativo em fase de testes, mas ainda sem data de lançamento.

A seguir, o primeiro vídeo:

View this post on Instagram

Brasil, 2019. Meu amigo me ligou dizendo que a namorada havia terminado com ele. Ele não comia, não levantava da cama,  só chorava. Eles tinham uma viagem marcada. Eu queria que ele reagisse. E nada do que falava adiantava. Até que depois de muita insistência, ele aceitou um tipo de ajuda. Eu fiz a propaganda dele. No Instagram. (música alegre) Eu escrevi: Comece 2019 conhecendo João Ele é bonito Inteligente Educado Alegre Advogado Diretor de uma faculdade E de esquerda Recebi dezenas de mensagens E o que mais chamou a atenção era ele ser de esquerda. Bem, ele conheceu pessoas muito interessantes E dentre elas, Marcela, Uma modelo Brasileira que foi fazer doutorado em Roma. E Ele usou a passagem comprada e foi até ela. E ficou na casa dela E estão felizes. Ambos  lutam por causas sociais Em movimentos sociais Pelos direitos humanos Contra o racismo Contra a homofobia Agora a vida segue mais leve porque encontraram  um companheiro ideologicamente compatível. Encontraram um companheiro de sexo e de luta JOÂO e  Marcela sonham com um mundo melhor Como você Como eu Como nós Amor como resistência: a útima fronteira PTinder: porque nosso coração é vermelho. "É preciso permitir que as coisas lindas aconteçam" (Lourdes Duarte). Texto: Maria Goretti Revisão: Elika Takimoto Edição: Otal

A post shared by Pq nosso coração é vermelho (@pt.inder) on

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s