Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Comentarista e apresentador trocam socos no programa Pânico; vídeo

André Marinho e Tomé Abduch discutiram e se agrediram após falas sobre o presidente

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 11 Maio 2021, 18h11 - Publicado em 11 Maio 2021, 18h10

O programa Pânico, da Jovem Pan, terminou em troca de socos nesta terça-feira (11). Tomé Abduch, ex-comentarista da CNN Brasil, era o convidado da edição. Em dado momento, o debate sobre política entre ele e André Marinho, apresentador da casa, esquentou. 

O comentarista político diz que sempre apoiou o presidente Jair Bolsonaro. Nesse momento, Marinho provoca e diz: “Valeu chorão, valeu chorão. Vai, chora por política”.

Na sequência da acusação, Abduch parte para cima do apresentador e os dois chegam a trocar alguns socos antes de serem separados. No momento da confusão, o programa colocou a sonoplastia do Programa do Ratinho, utilizada quando há algum tumulto. O comercial foi chamado em seguida.

Somente após cinco minutos de comerciais, Emílio Surita, apresentador da Jovem Pan, voltou com a atração e se pronunciou sobre o caso.

“Muito bem, meus amores. Eu peço desculpas para a nossa audiência. Os ânimos se acirraram aqui, e você sabe que a democracia é ruidosa mesmo. As vezes a gente perde o controle da situação, mas tá tudo bem. Posso garantir para vocês que está tudo bem, foi cada um para o seu lado. Depois, evidentemente, vamos conversar com cada um fora do ar. Fora do calor da discussão. Eu fico triste que uma discussão bacana que nós queríamos ter foi levada para o lado pessoal”, explicou.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade