Clique e assine com até 89% de desconto
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Amigos gastam 1 984 horas para criar vila para hamsters famintos

"Nós abrigamos as família de hamsters de verdade na vila e fizemos 9 episódios para uma série online sobre a obsessão destes roedores por comida"

Por Redação VEJA São Paulo 9 jun 2017, 14h35

Se você tivesse 1 984 horas “livres”, o que faria com elas? Provavelmente assistira séries na Netflix ou jogaria conversa fora. Não é o caso desta agência publicitária, que decidiu construir uma pequena vila, chamada “Yumville”, para hamsters famintos. As informações são do site Bored Panda.

A diretora de Arte Sophia Antidze, uma das muitas responsáveis pelo simpático projeto, compartilhou um pouco mais sobre a experiência inusitada: “Nós criamos uma cidade inteira usando 1 325 pequenos detalhes durante 1 984 horas de trabalho. Nós abrigamos as família de hamsters de verdade na vila e fizemos 9 episódios para uma série online sobre a obsessão destes roedores por comida“, explicou.

Com poucos mais de 3 minutos de duração, cada episódio retrata o dia a dia dos pequenos hamsters e usam referências à cultura pop para falar sobre assuntos variados. O quarto episódio, por exemplo, é inspirado no livro “Comer, Amar e Rezar” e conta a história de um roedor que tenta se aproximar de sua amada ratinha por meio da leitura — há até o barulhinho do clássico videogame “Pac-Man”. Assista: 

Publicados em maio de 2017 no YouTube, os simpáticos vídeos já acumulam milhares de visualizações. No entanto, são as fotos do mundo pequenino que roubaram a cena na internet: “A cidade deles é adorável e aconchegante. Os quartos são melhor desenhados que qualquer cômodo da minha casa. Essa série é tão fofa!“, elogiou uma jovem. Confira: 

Continua após a publicidade

São muitos, muitos cliques fofinhos para explorar — clique aqui para ver mais detalhes do mundo pequenino destes hamsters famintos.

  • Dê sua opinião: E você, o que achou da história divertida dos hamsters famintos? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade