Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Apresentação musical de Carolina Dieckmann no Encontro divide opiniões

Atriz foi ao programa divulgar seu novo espetáculo, Karolkê, que inclui canções de Wando e Tim Maia, entre outros compositores

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 13h44 - Publicado em 30 set 2019, 15h40

Nesta segunda-feira (30), o programa Encontro, de Fátima Bernardes, começou com Carolina Dieckmann no palco, soltando a voz e mostrando suas habilidades como cantora. A atriz apresentou seu novo projeto autoral, o espetáculo Karolkê. interpretando canções populares com participação do público. A performance da artista, no entanto, dividiu opiniões na internet. Para uns, ela mandou muito bem. Outros, no entanto, não economizaram críticas à voz da global.

“Você tá agora começando um capítulo novo, um dom que você apresenta para amigos, e agora pra todo mundo”, disse Fátima enquanto entrevistava Carolina. “Eu sou cara de pau né? Minha ideia é emocionar as pessoas com as próprias histórias delas, e de que maneira fazer isso? Através da música, todo mundo tem uma história com uma música”, explicou ela.

A atriz, junto com o músico Vinicius Feijão, que a acompanha no novo projeto, soltou a voz no estúdio da Globo. Primeiro foi a canção Caça e Caçador, de Fábio Júnior, e depois Fogo e Paixão, de Wando. Ela alternava a performance com o público. Em um dos momentos, a artista foi até a platéia com o microfone para que alguns dos presentes completassem a letra das canções, mas nem sempre isso deu muito certo. Carolina também interpretou a canção Depois do Prazer, do grupo Só para Contrariar.

O show Karolkê está agendado em diversas capitais, inclusive São Paulo, no Teatro das Artes, no dia 30 de outubro. Confira as reações à apresentação da atriz:

  • Continua após a publicidade
    Publicidade