Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Na Plateia Tudo sobre teatro

Peça conta vida de enfermeira do Chile dos anos 70 com roteiro inusitado

A narração de 23 de Setembro se dá pela união de textos de diferentes meios

Por Saulo Yassuda Atualizado em 17 jun 2021, 21h47 - Publicado em 18 jun 2021, 06h00

Chile, década de 70. Na montagem 23 de Setembro, gravada no Espaço Cultural Brica Braque, momentos importantes da vida da enfermeira Maria Elena são revelados. O ator Marco Bravo (foto) se apoia em fragmentos de textos de gêneros como notícia, bula, documento jurídico, poesia e receita para entrar na consciência da personagem e construir a história, de autoria do dramaturgo Diego Fortes, vencedor do Prêmio Shell em 2017 pelo musical O Grande Sucesso. A narração em off é de Giselle Itié (45min).

14 anos. Sympla (sympla.com.br). Sáb. (19) e dom. (20), 20h e 22h. Grátis.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 23 de junho de 2021, edição nº 2743

  • Continua após a publicidade
    Publicidade