Clique e assine por apenas 6,90/mês
Listamania Por Blog Um blog com listas, cultura pop e humor Tags: listas, rankings, música, cinema, top

15 marcas de guloseimas estrangeiras que poderiam vir para São Paulo

A gastronomia paulistana é ótima e (muito) bem servida, não dá pra negar. Mas, mesmo com tantas opções, há um punhado de marcas famosas no exterior que ainda não desembarcaram por aqui — ou, como em alguns casos, fecharam as portas na cidade. Listamos alguns exemplos que, se viessem para cá, fariam muitos paulistanos felizes: […]

Por Leonam Bernardo - Atualizado em 26 fev 2017, 13h56 - Publicado em 5 mar 2016, 17h00

A gastronomia paulistana é ótima e (muito) bem servida, não dá pra negar. Mas, mesmo com tantas opções, há um punhado de marcas famosas no exterior que ainda não desembarcaram por aqui — ou, como em alguns casos, fecharam as portas na cidade.

Listamos alguns exemplos que, se viessem para cá, fariam muitos paulistanos felizes:

1. Cheesecake Factory

Cheesecake Factory

O nome já diz: é uma fábrica de cheesecakes! A marca produz nada menos que 38 versões da sobremesa. E nenhuma delas pode ser provada por aqui? Na verdade, pode sim: alguns (poucos) sabores são vendidos congelados em hipermercados da rede Sam’s Club. Mas nada comparado a saborear uma torta fresquinha direto no balcão, né?

9 marcas supervalorizadas pelos brasileiros que, nos EUA, não são lá essas coisas

5 outlets para comprar grifes mais barato em São Paulo

2. Hard Rock Cafe

A famosa franquia marca presença nas metrópoles mais badaladas do mundo. Na América do Sul, cidades como Buenos Aires, Santiago e Curitiba já contam com uma unidade há anos. Cadê Hard Rock em São Paulo?!?

3. Shake Shack

Sua primeira unidade foi inaugurada em 2004 num quiosque bem no meio do Madison Square, em Nova York. É um sucesso de fazer filas. De lá para cá, já foram abertas filiais na Inglaterra, Turquia, Oriente Médio e… E só.

4. Bubba Gump

Embalada pelo sucesso de Forest Gump (1994), filme vencedor de seis estatuetas do Oscar, a casa especializada em receitas de frutos do mar — sobretudo o camarão — surgiu nos Estados Unidos em 1996.

5. Tim Hortons

A cup of Tim Hortons Inc. coffee and doughnuts are arranged for a photograph in Toronto, Ontario, Canada, on Wednesday, Aug. 3, 2011. Tim Hortons Inc. is a chain of franchise fast food restaurants that serve coffee drinks, tea, soups, sandwiches, donuts, bagels, and pastries. Photographer: Brent Lewin/Bloomberg via Getty Images

Esta é a versão canadense do Dukin’ Donuts, fundada pelo jogado de hóquei que dá o nome à rede. Além das rosquinhas, há diversas bebidas quentes e geladas a um preço mais camarada. Em 2014, a casa foi adquirida  pelo Burger King.

6. Pret A Manger

pret-a-manger

Essa é inglesa: fundada em Londres em 1986, a marca vende cafés, sanduíches e outros quitutes orgânicos, evitando “químicas obscuras”, como diz seu site oficial. Já conta com mais de 300 lojinhas no mundo todo.

7. Taco Bell

A rede americana inspirada em comida mexicana existe desde 1954. No menu, os famosos tacos aparecem em diferentes versões, ao lado dos não menos importantes nachos, burritos e quesadillas. Mas os fãs podem ficar felizes: a rede está chegando a São Paulo em breve.

Continua após a publicidade

8. Arby’s

arbys

Não, não é o sanduíche de mortadela do Mercadão. A rede americana especializada em lanches de rosbife já contou com 21 lojas próprias no estado de São Paulo — todas foram fechadas em 1999. E aí, será que volta?

9. Papa John’s

Com mais de 4 000 unidades espalhadas pelo mundo, a cadeia de pizzarias americana já deu o ar da graça na América do Sul com filiais no Peru, Chile e Venezuela. Ficou devendo para o Brasil.

10. Nando’s

Nando's

Trata-se de uma cadeia sul-africana com inspirações… portuguesas! Aposta principalmente em receitas de frango marinado em molhos picantes. Aqui do outro lado do Atlântico, apenas Estados Unidos e Canadá já ganharam filiais.

11. In-N-Out Burger

in-n-out

Essa rede de fast-food surgiu na Califórnia na década de 50. É conhecida por ter um “menu secreto”, com mais opções que o cardápio normal, e que só pode ser acessado pelos frequentadores mais assíduos.

+ Restaurante Red Lobster fecha as portas na Avenida Faria Lima

12. TGI Friday’s

A última filial paulistana da marca fechou as portas da loja de Moema em 2010. Desde então, são comuns boatos de que a franquia voltaria a atuar no mercado brasileiro. Até agora, nada. Vamos acompanhar.

13. Dunkin’ Donuts

A rede, que esteve por aqui até 2005, voltou recentemente ao país. A marca mantém três lojas em Brasília. Alguém se habilita a abrir uma filial na capital paulistana?

14. Cinnabon

Cinnabon

O enroladinho de canela é o carro-chefe da marca americana, fundada em 1985. Trata-se de um conceito de padaria espalhado por cerca de 800 pontos, entre lojas de rua, shoppings, aeroportos e estações de trem, do mundo todo — menos aqui.

15. Five Guys Burgers and Fries

five guys

As carnes da rede americana (também muito presente no Canadá) nunca são congeladas, apenas refrigeradas. Segundo eles, isso faz com que o gosto dos hambúrgueres se mostre sempre fresco. As batatas, por sua vez, são fritas em óleo de amendoim. Para experimentar, basta cruzar o continente.

BÔNUS: Duas marcas estrangeiras bem bacanas estão confirmadas para chegar em São Paulo ainda este ano. Entre elas, a confeitaria Magnolia Bakery, nos Jardins, e a Carlo’s Bakery, do Cake Boss, em Guarulhos.

ALEXANDER THOMPSON Divulgacao

Cupckaes da Magnolia Bakery: em breve por aqui (Foto: Alexander Thompson/Divulgação)

Tem mais alguma sugestão? Deixe seu comentário aqui embaixo.

Continua após a publicidade
Publicidade