Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Mostra SP retorna em formato presencial e vai exigir vacinação

Em sua 45ª edição, evento terá 264 filmes e sessões on-line e presenciais

Por Humberto Abdo Atualizado em 14 out 2021, 15h07 - Publicado em 9 out 2021, 11h56

A 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo acontece de 21 de outubro a 3 de novembro de forma híbrida, diferentemente de como foi em 2020, com sessões exclusivamente on-line. Neste ano, os filmes serão apresentados em quinze espaços da cidade, mas uma parte da seleção estará disponível nas plataformas Mostra Play, Sesc Digital e Itaú Cultural Play.

As exibições presenciais vão seguir protocolos de segurança contra a Covid-19: ocupação de apenas 50% das salas/ espaços, distanciamento social, exigência do comprovante de vacinação e uso obrigatório de máscara, que deverá permanecer na face durante todo o tempo. A programação no cinema também estabelecerá um intervalo de trinta minutos entre as sessões para que as salas sejam completamente higienizadas.

A lista de filmes e endereços desta edição foi anunciada neste sábado (9) por Renata de Almeida, diretora do evento, durante coletiva de imprensa (confira entrevista exclusiva neste link).

“Os cinemas são nossos parceiros desde sempre. Se eu quero viver em uma cidade cujos cinemas exibam filmes que eu goste, tenho que colaborar também”, disse ela dias antes no Papo Vejinha.

São 264 títulos de mais de cinquenta países na seleção. Neste ano, dois tipos de pacote serão vendidos: os exclusivos para exibições digitais e outros apenas para sessões presenciais. Além disso, haverá uma mudança no evento de abertura.

Diferentemente de outras edições, quando apenas um longa marcava o início da programação, a 45ª Mostra promoverá dez sessões simultâneas em diversas salas da cidade em 20 de outubro, com início às 20h. São elas: Noite Passada em Soho, Bergman Island, Compartment nº 6, os curtas A Voz Humana, Ato e A Noite, A Crônica Francesa, Um Herói, A Caixa, Roda do Destino, Lua Azul e Má Sorte ou Pornô Amador. Os ingressos começam a ser vendidos a partir do dia 18.

A imagem mostra um adulto e uma criança andando no meio da rua, com o céu azul ao fundo.
Um Herói: Grande Prêmio do Júri em Cannes 2021 Divulgação/Divulgação

Não faltarão opções para entreter os cinéfilos durante a 45ª Mostra. longas internacionais como France, de Bruno Dumont, Ao Cair do Sol, de Michel Franco, e What Do We See When We Look at the Sky?, de Aleksandre Koberidze, integram a programação. Além disso, quarenta produções compõem a seleção da Mostra Brasil. A Viagem de Pedro, de Laís Bodanzky, As Verdades, de José Eduardo Belmonte, Urubus, de Cláudio Borrelli, Fédro, de Marcelo Sebá, Sol, de Lô Politi, SARS-CoV-2/O tempo da Pandemia, de Eduardo e Lauro Escorel, Deserto Particular, de Aly Muritiba, e 7 Prisioneiros, de Alexandre Moratto, são destaques.

No site oficial da 45ª Mostra (http://www.45.mostra. org), o público poderá conferir todos os títulos selecionados pelo festival em 2021, valores, pacotes, horários e locais das exibições. As sessões presenciais acontecerão nos cinemas Cine Marquise (sala 1), Cinesala, CineSesc, Espaço Itaú de Cinema Augusta (sala 1), Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca (salas 1, 2 e 3), Espaço Itaú de Cinema Pompeia (sala 10), Petra Belas Artes (sala Leon Cakoff) e Reserva Cultural (sala 1). Já para a Mostra Play, os ingressos terão custo de R$ 12, com pagamento direto na plataforma. Após a aquisição, o espectador criará sua própria biblioteca e terá três dias para assistir aos títulos escolhidos — ou 24 horas a partir do momento em que dá o play. Os filmes só poderão ser vistos até as 23:59 de 3 de novembro, último dia do evento.

Continua após a publicidade

Os homenageados deste ano são o diretor português Paulo Rocha, que ganha retrospectiva com seus filmes, e a atriz e diretora Helena Ignez, que recebe o prêmio Leon Cakoff.

DIRETO DE CANNES

A plataforma de streaming MUBI, detentora de dez fortes longas-metragens selecionados pelo Festival de Cannes, realizará exibições exclusivas nos cinemas durante a 45ª Mostra. Titane, dirigido por Julia Ducournau e vencedor da Palma de Ouro, Annette, de Leos Carax, Memória, de Apichatpong Weerasethakul, A Chiara, de Jonas Carpignano, e Lingui, de Mahamat-Saleh Haroun, são alguns títulos. Não haverá sessões on-line e, até o momento, apenas Annette já possui data de estreia na MUBI: 26 de novembro.

A imagem mostra uma mulher com capacete de motociclista com a parte da frente levantada, quase beijando outra mulher. Ambas estão de olhos fechados, com os narizes se encostando.
Annette é um dos grandes lançamentos exclusivos da MUBI na programação Divulgação/Divulgação

OUTROS DESTAQUES

Sessões gratuitas acontecerão no vão livre do Masp, Vale do Anhangabaú, Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso e Centro Cultural Tiradentes, e com valores promocionais no circuito Spcine (Centro Cultural São Paulo e Biblioteca Roberto Santos) e Museu da Imigração. Os filmes disponíveis nas plataformas Sesc Digital e Itaú Cultural Play também serão gratuitos.

O Prêmio Leon Cakoff será entregue à atriz, diretora e roteirista Helena Ignez, e uma homenagem póstuma será feita ao diretor português Paulo Rocha, com retrospectiva de sete de seus filmes (como Os Verdes Anos, A Ilha dos Amores e Mudar de Vida).

Confira a lista completa no site da Mostra.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade