Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Série Hacks junta comediante veterana com jovem roteirista ‘cancelada’ na internet

Produção da HBO Max mistura comédia, drama e ironia com maestria e conta com o protagonismo de Jean Smart e Hannah Einbinder

Por Barbara Demerov Atualizado em 22 jul 2021, 19h24 - Publicado em 23 jul 2021, 06h00

Indicada a quinze categorias no Emmy 2021 (a maior premiação da TV americana), a série Hacks é um espetáculo de comédia, drama e ironia — três estilos que poderiam não funcionar tão bem juntos, mas que entram em total sintonia. O choque de diferenças dá certo porque a produção possui um roteiro ágil e consistente, que apresenta sem delongas Deborah Vance (a excelente Jean Smart), comediante veterana de stand-up, e Ava (Hannah Einbinder), jovem roteirista que acaba de ser “cancelada” devido a uma publicação na internet.

Ambas dividem o mesmo agente e, por causa de uma atitude apressada dele em ajudar Ava, as mulheres passam a trabalhar juntas. Mas a parceria não é um mar de rosas. Tal mudança brusca na vida de ambas as personagens nunca é deixada de lado: Deborah mostra-se impaciente desde o início por ter de lidar com uma millennial que mal conhece seu trabalho de anos, enquanto Ava reluta em se mudar para um hotel de Las Vegas, deixando Los Angeles e seu vasto (porém complicado) universo de oportunidades na área de roteiro em Hollywood.

+Gossip Girl: HBO Max revive universo da série com novos personagens

A mistura da “breguice” e do luxo que só pode ser vista em Vegas ganha a atenção ao longo dos episódios, mas é apenas o pano de fundo de uma história sem tantos requintes. Por trás da aura intimidadora de Deborah, existe uma mulher que nunca encarou seu passado com atenção para seguir em frente. Seus shows de comédia permanecem os mesmos e, por consequência, seus dias de palco podem estar contados. Cabe a Ava a difícil missão de ganhar a confiança da profissional para atualizar suas piadas e mostrá-las ao mundo.

Ambas tentam atrapalhar uma a outra, mas, junto das farpas diárias, passam a nutrir um sentimento mútuo de admiração e até afeto. A complexidade da relação (e do contraste de gerações) é apresentada logo no primeiro encontro da dupla, e assim se desenrola até chegar à união dentro do show business. Com presença firme e simultaneamente frágil, Jean Smart é a capitã da narrativa e a responsável por fazer de Hacks uma série digna de risos e lágrimas em um único episódio. O final da temporada traz um gosto de quero mais — e, felizmente, a segunda temporada já está confirmada. Na HBO Max.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

 

 

Publicado em VEJA São Paulo de 28 de julho de 2021, edição nº 2748

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade