Clique e assine com até 89% de desconto
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para alice.padilha@abril.com.br

Tatá Werneck se revolta contra Carrefour por morte de cachorro

A humorista fez dois posts no Instagram contra a rede de supermercados; "Não sei como os responsáveis conseguem dormir sabendo do mal que fizeram", escreveu

Por Carolina Giovanelli Atualizado em 4 dez 2018, 20h14 - Publicado em 4 dez 2018, 12h39

A morte de um cachorro que circulava por um mercado do Carrefour em Osasco, na região metropolitana, causou comoção. Muita gente pediu boicote à rede e ativistas chegaram a fazer uma manifestação no endereço neste fim de semana.

Um segurança do local é acusado de agredir o vira-lata, que morreu após ser recolhido pelo Departamento de Fauna e Bem Estar Animal da cidade. Um comunicado do órgão municipal relata que o pet deu entrada no local com sangramento, pressão baixa, mucosas anêmicas, hipotermia intensa, vômito com sangue e escoriações múltiplas.

Em nota (leia na íntegra aqui), o supermercado deu sua versão, afirmando que “um funcionário de empresa terceirizada tentou afastá-lo da entrada da loja e imagens mostram que esta abordagem pode ter ocasionado um ferimento na pata do animal”.

Tatá Werneck

A onda de protestos chegou à apresentadora Tatá Werneck, que tem diversas mascotes resgatadas em casa. A humorista fez dois posts no Instagram nesta terça (4) mostrando sua revolta com o caso.

Não sei nem o que dizer. Espero que o Carrefour tome a iniciativa de, a partir de hoje, salvar milhões de cães e gatos abandonados. Dane-se. Se vira. Não sei como os responsáveis conseguem dormir sabendo do mal que fizeram“, escreveu. “Parem de dar respostas prontas e sejam humanos pelo menos agora.” Confira:

View this post on Instagram

Como vcs devem estar acompanhando pelas notícias, um cachorro foi espancado e morto por um funcionário dentro do @carrefourbrasil. Quando vamos entrar na página e reclamar, eles enviam respostas prontas, copiadas e coladas , dizendo que repudiam esse ato. SE REPUDIAM mesmo, sugiro que agora aproveitem essa “chance” (não sei que palavra usar aqui) para assumirem uma responsabilidade pelo ato dentro de suas empresas. Se estão tão chocados quando nos, aproveitem essa crueldade para fazerem a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonados. Comecem a doar alimentos para cuidar desses bichos. Parem de dar respostas prontas e sejam “humanos” pelo menos agora. Eu fico imaginando que esse cachorro poderia estar na minha casa cuidado com Todo amor , como o Nino (que teve a perna arrancada) ou a Penélope (que cegaram) ou como meus 13 gatos de rua. Existem MUITAS pessoas cuidando de animais abandonados. Mas ainda sim são muitos que precisam. E aí @carrefourbrasil ? O que vão fazer? E nós? Vamos fazer algo juntos?

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Um funcionário do @carrefourbrasil matou um cachorro a pauladas numa unidade do Carrefour. Não sei nem o que dizer. Espero que Carrefour tome a iniciativa de a partir de hoje salvar milhões de cães e gatos abandonados. Não sei como os responsáveis conseguem dormir sabendo do mal que fizeram. (Entrando na página desse mercado eles só dao respostas prontas. Vamos cobrar atitudes. Que eles invistam e responsabilidade social. Que eles invistam seus milhões para ajudar a salvar os cachorros e gatos abandonados , famintos, maltratados e mortos)

A post shared by Tata Werneck (@tatawerneck) on

Novo posicionamento

Na noite desta terça (4), o Carrefour mandou nova nota de posicionamento sobre o caso. Confira:

O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações.

Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos. Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGS ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais.

+ Luisa Mell publica imagens de câmera de segurança do Carrefour

Continua após a publicidade
Publicidade