Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Sabrina Savani colore paisagens Brasil afora

Ubatuba e Paraty ganham tons supersaturados na produção da artista

Por Tatiane de Assis 27 mar 2020, 06h00

Aos 22 anos, Sabrina Savani, de Campinas, encontrou em fotografias que fez em viagens realizadas em 2016 o material para a produção de uma nova série, ainda sem nome. Composto de sete obras, que podem ainda ter mais companheiras, o conjunto exibido no perfil @sasartee do Instagram tem em comum o uso de cores quentes e supersaturadas, que adquirem significados bastante distintos a cada trabalho.

Em Paraty Tropicália (acima; 2020), tons de roxo, vermelho e alaranjado “esquentam” a paisagem litorânea da cidade fluminense. Contudo, a sensação não é de calor excessivo, nem de destruição, já que as curvas das formações rochosas e as marcas do movimento da água também têm peso e transformam a cena em um flerte com a literatura fantástica ou a ficção científica. Em Ubatuba (abaixo; 2020), novamente a paleta “verão” aparece, porém não se tem uma visão caricatural de uma cena dita tipicamente brasileira, com direito a folhas de coqueiro. O traço que insinua a presença da Lua e o excerto de um poste de iluminação ajudam nessa quebra.

Ainda sobre a paleta, Sabrina cita uma grande gama de referências: o artista ganense Prince Gyasi, o fluminense Luang Senegambia Dacach Gueye, a baiana Márvila Araújo, sem esquecer o clipe Slide, parceria do cantor britânico Calvin Harris com o grupo americano de trap Migos. A peça audiovisual conduz para a observação do uso da luz natural na obra Parque Geológico Varvito (abaixo; 2020), uma área homônima, em Itu (SP). O brilho difuso, que quase cega, indica um elemento importante para a artista. “O Sol é uma constante nesta série. Ou fotografo cenas em que ele está nascendo ou se pondo”, detalha Sabrina, que também passeia pelo desenho e pelas colagens.

 

Sabrina Savani
Parque Geológico Varvito (2020) Sabrina Savani/Divulgação

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade