Clique e assine por apenas 5,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Masp tem mudanças no calendário após pandemia da Covid-19

Exposições que acabariam em junho de 2020 foram prorrogadas e tema do próximo ano também sofreu alterações

Por Tatiane de Assis - 9 jun 2020, 21h35

O Masp confirmou mudanças em sua programação após a pandemia da Covid-19. As exposições da coreógrafa Trisha Brown (1936-2017) e do neoconcreto Helio Oiticica (1937-1980), que já estão montadas no museu, serão prorrogadas — a nova data, no entanto, ainda não foi divulgada. Inicialmente, as mostras teríam início em 20 de março e deixariam o museu em 7 de junho.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

Também haverá alterações no calendário de 2021, que seria dedicado ao tema Histórias Indígenas. Com a pandemia e, consequente, dificuldades de empréstimos internacionais de obras, a programação será tratada somente em 2023.

Publicidade