Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Rojão é amarrado em cadela e animal perde parte da boca

Caso ocorreu durante o Ano Novo e causou revolta nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo 3 jan 2021, 18h12

Uma cadela ficou gravemente ferida após ter contato com fogos de artifício durante o Ano Novo. O caso ocorreu em uma cidade da região metropolitana de Curitiba (PR), em Piraquara. O animal foi resgatado pela Polícia Civil e a ONG Força Animal.

A principal suspeita, de acordo com o delegado Matheus Laiola, responsável pela investigação, é que o rojão tenha sido amarrado no corpo do animal. Foram encontrados fios na boca da cadela. O bicho foi encaminhado para o hospital veterinário de São José dos Pinhais.

View this post on Instagram

A post shared by Cassio Silva (@investigador.cassiosilva)

A cadela, que está sendo chamada de Rebeca, tem aproximadamente oito anos de idade e perdeu todos os dentes da boca. Pelas redes sociais, Cassio Silva, investigador da Polícia Civil, afirmou que ela come por sonda e ainda corre risco de vida. De acordo com ele, na segunda-feira (4) Rebeca vai passar por uma cirurgia para a reconstrução da língua. “A mandíbula, não será possível reconstruir. Ainda temos muitas outras [etapas], retirada da mandíbula, ração especial nas sonda, aprender a comer sem a parte debaixo da boca, fisioterapia para a língua…”, escreveu.

Continua após a publicidade

O delegado Matheus Loiola afirmou que a Polícia Civil trabalha para encontrar os responsáveis pelo caso. O crime de maus-tratos a animais pode levar a até 5 anos de reclusão.

View this post on Instagram

A post shared by Ong Grupo Forca Animal (@associacaogfa)

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade