Que Barra

Resenha por Tatiane de Assis

A onda de protestos ocorridos na França há cinquenta anos, conhecida como Maio de 68, inspira a mostra Que Barra, em cartaz no espaço independente Ateliê 397. A intenção das curadoras Carollina Lauriano, Flora Rebollo e Thais Rivitti não é revisitar ponto a ponto o período, mas sim traçar um paralelo com os tempos atuais e observar quais questões avançaram e quais estagnaram. Para essa tarefa, foram chamados 24 artistas. Um deles é o paulistano Pedro Saci, autor de Beyoncé and Jay (à dir., 2018), composta de quatro bandeiras. Até 30 de junho.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.