Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

O Campeão de Dominó do Alaska

Tipos de Gêneros dramáticos: Tragicomédia
VejaSP:

Resenha por Dirceu Alves Jr. e Mônica Santos

Os dramas familiares são temas recorrentes na obra de Mário Viana, dramaturgo e cronista de VEJA SÃO PAULO. Ele é o autor de Vestir o Pai, em cartaz no Teatro Augusta, e de O Campeão de Dominó do Alaska. Nesta peça, usa uma boa dose de humor negro ao narrar uma trama absurda: depois de ficar distante por um tempão, o filho mais velho (Eduardo Parisi) volta dos Estados Unidos para buscar a mãe (Maria Eugênia de Domênico), que tem Alzheimer. Seu objetivo? Entregar a velha como pagamento de uma dívida de jogo. O caçula (Valdir Rivaben), que sempre cuidou dela, fica chocado, é claro. Mas ao saber quanto vale a mãe doente… Com pouquíssimos recursos cênicos, o trio de atores dirigido por Aimar Labaki constrói uma peça tragicômica e, ao mesmo tempo, comovente. Estreou 1º/3/2016. Até 28/8/2016.

    info
  • Direção: Aimar Labaki
  • Duração: 55 minutos
  • Recomendação: 12 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.