Invento

Resenha por Julia Flamingo

As primeiras caixas acústicas de boa qualidade surgiram com o início do cinema falado, em 1926. Essa é uma das curiosidades contadas nas 35 obras da mostra Invento. Ela reúne itens que reinterpretam objetos do cotidiano de maneira esperta. A instalação Experimento em Fá Menor, dos canadenses Janet Cardiff e George Bures Miller, consiste em uma mesa com diversos alto-falantes garimpados em antiquários. Eles são acionados por meio de sensores de presença e tocam música. Em outra peça, o artista fluminense Jarbas Lopes juntou dois Fuscas num formato que remete ao símbolo yin-yang. Nesse caso, a ideia é fazer uma crítica bem-humorada ao desequilíbrio provocado pelo consumo exagerado. Do mexicano Damián Ortega, a impactante instalação Materialista traz um caminhão fragmentado em dezenas de pedaços e montado como se estivesse suspenso no ar. Outro destaque é do francês Christian Boltanski: ele apresenta 480 lâmpadas incandescentes, e uma delas é apagada a cada hora. Até o encerramento da exposição, a peça estará no escuro, simbolizando a forma como algumas tecnologias se apagam ao longo da história. De 5/8/2015. Até 4/10/2015.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.