Happy Hour – Verdades e Consequências

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia dramática, Romance
VejaSP
  • Direção: Eduardo Albergaria
  • Duração: 105 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: Argentina, Brasil
  • Ano: 2017

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Em Happy Hour — Verdades e Consequências, o argentino Horacio (Pablo Echarri) largou a carreira de escritor para ser professor universitário no Rio de Janeiro. Motivo: a paixão pela deputada estadual Vera (Letícia Sabatella, na foto), com quem teve um filho. Com o garoto em Buenos Aires e assediado por uma aluna mais jovem, ele decide abrir o jogo com a esposa e pede uma relação aberta no casamento. Ela recusa, mas, quando se candidata à prefeitura, lembra que pode precisar manter o relacionamento. É inacreditável que uma atriz tão politizada como Letícia se engaje numa comédia vergonhosamente machista (o ponto de vista do romance é do marido) e com bastidores políticos risíveis de tão estereotipados. Direção: Eduardo Albergaria (Brasil/Argentina, 2017, 95min). 14 anos. Estreou em 28/3/2019.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.