Elza

VejaSP:
  • Direção: Izabel Jaguaribe e Ernesto Baldan
  • Duração: 82 minutos
  • País: Brasil
  • Ano: 2010

Resenha por Miguel Barbieri Jr

Diretora de “Paulinho da Viola
— Meu Tempo É Hoje” (2003), a carioca Izabel
Jaguaribe foca em seu novo documentário mais
uma personalidade da MPB. Embora traga ótimas
tiradas da sacolejante Elza Soares e apresente números musicais formidáveis, a fita dá um passo
atrás nos quesitos informação e pesquisa. Há raros
registros antigos e pouco se aborda a vida pessoal
da cantora. Em caprichada fotografia de tons avermelhados
(trabalho do também diretor Ernesto
Baldan), o filme traz Elza soltando o vozeirão
rouco e acompanhada dos medalhões Maria Bethânia,
Caetano Veloso, Paulinho da Viola e Jorge
Ben Jor. Canções como “Se Acaso Você Chegasse”,
“Salve a Mocidade”, “Lata d´Água”, “Samba da Benção”
e “Dor de Cotovelo” são entremeadas com depoimentos
de José Miguel Wisnik,
Mart’nália e Hermano Vianna, entre outros. Estreou em 18/03/2011.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.