A Odisseia dos Tontos

Tipos de Gêneros dramáticos: Aventura, Comédia, Drama
VejaSP:
  • Direção: Sebastián Borensztein
  • Duração: 116 minutos
  • Recomendação: 14 anos
  • País: Argentina e Espanha
  • Ano: 2019

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Em 2001, a Argentina mergulhou em uma das maiores crises financeiras de sua história. O chamado corralito congelou depósitos realizados em contas-correntes e poupanças e estabeleceu um limite pífio para retiradas semanais. A Odisseia dos Tontos, comédia dramática dirigida por Sebastián Borensztein, começa um pouco antes desse episódio. O casal Fermín (interpretado por Ricardo Darín) e Lídia (papel de Verónica Llinás) soma forças com amigos e pequenos empresários da província de Buenos Aires em nome do sonho de recuperar uma cooperativa agrícola. Confiantes no investimento, todos raspam as economias e são vítimas do golpe de um advogado e de um gerente de banco para ficar com os dólares dos incautos empreendedores. Algumas tragédias e reviravoltas dão sequência à história até que o grupo, unido pelo desespero, descobre o paradeiro do dinheiro e entra em uma insana gincana para recuperá-­lo. O filme, que começa promissor e até esboça um engajamento político e social, assume gradativamente um caráter cômico, quase nonsense, nessa caça ao próprio tesouro. O recurso esvazia bastante a densidade de algumas tramas, principalmente a da relação de Fermín e seu filho, Rodrigo (vivido por Chino Darín), um jovem que abandona a universidade e volta para casa sem perspectivas. Também recorre a personagens caricatos, como o advogado Fortunato Manzi (o ator Andrés Parra), que parece extraído de uma história em quadrinhos. Em meio às concessões, o longa se apoia no talento de Darín e na infalível identificação do público em relação aos injustiçados em meio à revanche. Pode divertir e até emocionar, mas deixa a sensação de que, rendido a um recorte convencional, o filme cumpre metade do potencial. Direção: Sebastián Borensztein (La Odisea de los Giles, Argentina/Espanha, 2019, 116min). 14 anos. Estreou em 31/10/2019.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.