Restaurante

Zzi Luca: a nova trattoria da movimentada Rua Joaquim Távora

Com culinária dedicada às massas, menu fica por conta de Lucas Ramos, que aos 22 anos já possui grande experiência gastronômica

Por: Arnaldo Lorençato - Atualizado em

Ravióli de queijo 2192
Ravióli de queijo de cabra com tomate-cereja, amêndoa e manjericão (Foto: Fernando Moraes)

Conhecida por ser um agitado corredor de bares, a Rua Joaquim Távora, na Vila Mariana, ganhou uma caprichada trattoria no início do ano. É o Zzi Luca, aberto pelos sócios do Genuíno, uma das choperias pioneiras e mais concorridas daquele pedaço. De salão arrumadinho e atmosfera tranquila, o restaurante tornou-se um estranho no ninho no meio de tamanha muvuca.

Risoto de creme 2192
Risoto de creme de abóbora japonesa coroado de camarão (Foto: Fernando Moraes)

O menu, dedicado apenas a massas e risotos, está nas mãos de Lucas Ramos, filho do casal de proprietários. Aos 22 anos, o rapaz já possui uma experiência interessante. Formado pelo Senac, fez aperfeiçoamento durante oito meses no Icif, renomado instituto de culinária localizado na região italiana do Piemonte. Também contabiliza passagens pelas cozinhas do extinto Le Coq Hardy e do concorrido Kaá, endereços onde trabalhou sob a orientação do chef francês Pascal Valero. Das entradas preparadas por Ramos, cai bem a polenta mole coberta de ragu de cogumelos shiitake, shimeji e paris ao vinagre balsâmico (R$ 19,00). De cozimento preciso, o ravióli de queijo de cabra vem combinado a molho de tomate-cereja, manjericão e lâminas de amêndoa na manteiga. Na lista de risotos, uma das versões mais atraentes leva creme de abóbora japonesa e chega coroada com camarão. Cada um desses pratos custa R$ 42,00.

A seleção de doces inclui um tiramisu benfeito (R$ 14,00). Confiada a uma única importadora, a carta de vinhos traz exemplares a preços razoáveis. Um deles é o tinto argentino Saurus Cabernet Sauvignon 2005 (R$ 52,00), produzido na Patagônia.

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO