Consumo

Zaffari inaugura segunda loja em São Paulo

Rede gaúcha de supermercados abriu a nova unidade nesta quarta (27), na região do Morumbi; conheça sete produtos típicos do sul que estão à venda por lá

Por: Fábio Galib - Atualizado em

IMG_6227
Zaffari do shopping Morumbi Town: inaugurado na quarta (27) (Foto: Fábio Galib)

Oito anos depois de inaugurar seu primeiro supermercado por aqui, dentro do Bourbon Shopping, a rede gaúcha Zaffari chegou à Zona Sul. A nova loja do grupo, inaugurada nesta quarta (27), ocupa uma área de quase 4,5 mil metros quadrados dentro do shopping Morumbi Town (Avenida Giovanni Gronchi, 5930) – que, curiosamente, sequer foi inaugurado.

+ Italiano se torna um dos restaurantes mais badalados da cidade

Esta é a 34ª unidade da rede que se concentra sobretudo no sul do país e sua construção consumiu 35 milhões de reais. O novo espaço se mostra mais moderninho do que o da Pompeia, que é repleto de madeira escura na decoração, porém, a disposição dos produtos e os itens vendidos são muito parecidos.

Mais da metade do espaço é ocupada por alimentos, muitos deles procedentes do Sul e difíceis de achar por aqui. A reportagem visitou a loja na abertura e lista sete itens capazes de fazer qualquer gaúcho se sentir em casa em plena capital paulista:

 

Pão cervejinha

IMG_6212
Pão cervejinha: massa leve (Foto: Fábio Galib)

Trata-se de um pão de massa leve. Muito gaúcho também fala "pão bundinha" por causa do formato em duas bandas e o usa para fazer bauru – que na versão do Sul leva contrafilé ou peito de frango. Custa R$ 9,90 o quilo.

 

Cuca colonial

IMG_6203
Cuca: parece bolo, mas é um pão doce (Foto: Fábio Galib)

Comida com gosto de infância no Rio Grande do Sul, a cuca (R$ 29,90 o quilo) tem cara de bolo mas é um pão doce de origem alemã. Sobre a massa fofa e úmida vai uma cobertura, que pode ser doce de leite, chocolate ou algum creme de fruta. Tudo coberto por uma farofinha doce.

+ Pirajá ganha filial na região da Avenida Paulista

 

Sorvete Sorvelândia

IMG_6223
Sorvelândia: marca de Caxias do Sul (Foto: Fábio Galib)

A marca foi fundada em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, há quase meio século. Se lá as lojas próprias fazem sucesso com seus bufês de sorvete, por aqui dá para encontrar os potes de gelados (R$ 9,80, com 1 litro). Entre os sabores clássicos da marca estão o de uva e o de torta alemã.

 

Chimia

IMG_6194
Chimia: não é geleia (Foto: Fábio Galib)

Gaúcho que é gaúcho não passa geleia no pão, e sim chimia. Pode parecer a mesma coisa, só que esta é mais consistente, geralmente preparada com o suco da fruta junto do bagaço e da casca. Da marca Dillin, a versão de uva sai por 12,50, com 700 gramas.

 

Nata

IMG_6218
Nata: para comer com pão (Foto: Fábio Galib)

Sinônimo de creme de leite fresco, no sul a nata (R$ 5,49, 300 gramas) é vendida em potinhos, em uma versão mais cremosinha para se comer com pão – como se fosse manteiga. Há quem diga que com chimia fica imbatível.

+ Ostentação gastronômica: conheça o Cereja Flor, o Paris 6 do Tatuapé

 

Vazio

Zaffari
Vazio: ou seria fraldinha? (Foto: Fábio Galib)

Você já ouviu falar em bife de vazio? É nossa popular fraldinha (ou vacío, em espanhol), mas o Zaffari insiste em ostentar nas peças do frigorífico a alcunha típica gaúcha. Procedentes de Santa Maria (RS), as peças extraídas de novilho jovem são vendidas por R$ 36,90 o quilo.

 

Variedade de marcas de erva-mate

IMG_6202
Erva-mate: não faltam opções para o chimarrão (Foto: Fábio Galib)

Difícil encontrar em São Paulo uma variedade de ervas-mate tão grande quanto à deste supermercado - o pacote da tertúlia, com 1 quilo, sai a 20,70. As gôndolas acomodam ainda acessórios para chimarrão, como cuias e bombas.   

Fonte: VEJA SÃO PAULO