Turismo

Voo de São Paulo a Amsterdã agora tem comida feita pelo chef do Mocotó

Entre as pedidas, cuscuz de milho com camarão, gratinado de mandioca com carne-seca e requeijão e moqueca de peixe

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM

KLM cardápio Rodrigo Oliveira Mocotó
Moqueca de peixe assinada por Rodrigo Oliveira para a KLM (Foto: Divulgação)

Pimenta cambuci e farofa de castanha-do-pará com coco queimado. Difícil imaginar esses ingredientes em um cardápio que circula em um avião a 38 000 pés de altura, mas foi justamente isso que o chef Rodrigo Oliveira, do badalado restaurante Mocotó, na Zona Norte, fez. 

+ Chef Rodrigo Oliveira celebra 40 anos do Mocotó com jantar e livro

A convite da companhia holandesa KLM - que opera um voo diário entre São Paulo e Amsterdã -, Oliveira elaborou um cardápio diferenciado para passageiros tanto da classe executiva quanto da econômica. Os pratos começaram a ser sevidos na quinta-feira (10), e o contrato com o chef é de um ano. 

Entre as pedidas, cuscuz de milho com camarão, gratinado de mandioca com carne-seca e requeijão, moqueca de peixe, nhoque com molho de queijo da Serra da Canastra, bolinho de mandioca com mel de engenho e cocada cremosa.

As viagens que saem do Rio de Janeiro também terão o cardápio especial. A comida brasileira, porém, só é servida na ida. Na volta, o menu é feito pelo chef holandês Sergio Herman, do The Jane, na Antuérpia.

KLM2
Bolinhos de mandioca para o café da manhã (Foto: Divulgação)

Fonte: VEJA SÃO PAULO