LUXO

Garrafa de vinho mais cara do mundo custa 52 000 reais

Este é o preço do francês  Henri Jayer Richebourg Grand Cru, segundo levantamento do site Wine-Searcher

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Comer e Beber 2013 - melhor carta de vinhos - Arábia
Borgonha: região contempla quarenta vinhos dos cinquenta mais caros (Foto: Mario Rodrigues)

Considerado um ícone pelos mais refinados apreciadores de tintos, o Romanée-Conti perdeu o título de vinho mais caro do mundo. Foi desbancado por outro rótulo da região francesa da Borgonha, conhecido apenas por um seleto de grupo de fãs do luxo engarrafado. É o  Henri Jayer Richebourg Grand Cru cotado a 52 000 reais (ou 15 195 dólares) a garrafa de 750 mililitros, segundo levantamento do site especializado Wine-Searcher e publicações como o diário parisiense Le Monde. Numa conta rápida cada gota de apenas 1 mililitro atinge 70 reais.    

+ Doze tintos por até 50 reais

Morto em 2006, aos 84 anos, o francês Henri Jayer foi um dos vinicultores mais importantes da Borgonha nas décadas de 70 e 80. O campeão de preços é produzido naquela região, mais especificamente em Côte de Nuits.

Dos cinquenta títulos presentes no ranking, quarenta deles são justamente borgonhas, o que só confirma a fama cara das garrafas produzidas naquela parte da França.  A lista do Wine-Searcher se baseia no preço médio de uma garrafa de 750 mililitros, incluindo várias safras, e utilizou um banco de dados com 54 881 listas de preços e mais de 7 milhões de ofertas.

CONFIRA A LISTA DOS CINCO VINHOS MAIS CAROS DO MUNDO (preço médio, em dólares):

  • 1. Henri Jayer Richebourg Grand Cru, da Borgonha - 15,195
  • 2. Domaine de la Romanée-Conti Grand Cru, da Borgonha - 13,314 
  • 3. Henri Jayer Vosne-Romanée Cros Parantoux, da Borgonha - 8,832
  • 4. Egon Müller-Scharzhof Scharzhofberger Riesling Trockenbeerenauslese, de Mosel (Alemanha) - 6,630
  • 5. Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru, da Borgonha - 5,726

Fonte: VEJA SÃO PAULO