Baixo Augusta

Uma lista de bares para ver as projeções na Rua Augusta

A partir desta quinta até sábado, evento realiza projeções de videoarte nas fachadas dos prédios do Baixo Augusta. Confira endereços de onde é possível assistir

Por: Adriano Conter - Atualizado em

Para não perder nenhuma das projeções que serão exibidas na 3ª edição do Vídeo Guerrilha, que cobre as fachadas dos prédios do Baixo Augusta, o ideal é caminhar pelo trecho de 500 metros da rua mais famosa da região. Mas se o programa for unir o útil (sentar com os amigos e tomar umas cervejas) ao agradável (assistir aos vídeos), veja abaixo os melhores locais para ter uma boa visibilidade:

Charm

Se o seu negócio é um boteco no melhor estilo “pé-sujo”, lá é o lugar. Localizado bem na esquina da Rua Augusta com a Rua Antônio Carlos, o Charm está numa das melhores localizações para não perder as projeções da parte mais alta do Baixo Augusta. Ali, o esquema é beber de pé mesmo para não perder nenhum movimento dos artistas que foram selecionados pelos curadores internacionais e que vão exibir suas projeções na altura do número 1351 da Rua Augusta.

Athenas

Do outro lado da esquina, em frente ao Charm, há o Athenas, que não terá a mesma (boa) visibilidade do bar da frente, mas em compensação serve porções generosas em mesas aprazíveis dispostas ao longo da calçada da Rua Antônio Carlos.

Clube Flamingo

O terraço é, sem dúvida, um ótimo local para bater papo na região invariavelmente barulhenta e, de quebra, ficar de olho em algumas das projeções.

Kebabel

Você pode saborear um kebab e tomar uma boa cerveja, ao mesmo tempo em que observa as projeções dos artistas do Estúdio SinLogo, especializado em ilustração e animação. Eles vão exibir o seu trabalho em um edifício que fica bem em frente ao Kebabel, no número 31 da Rua Fernando de Albuquerque.

Ibotirama

Outro endereço para quem não se preocupa tanto com a aparência, mas sim com o bom preço. Na esquina da Rua Augusta com a Rua Fernando de Albuquerque, ele terá uma das melhores visibilidades para as projeções, pois fica bem no meio do trecho onde elas serão exibidas.

Fonte: VEJA SÃO PAULO