Cidade

Chuva deixa toda a cidade em estado de atenção para alagamentos

Zonas Oeste, Santo Amaro e partes da Zona Sul apresentam pontos intransitáveis

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Chuva Tempestade viaduto do chá
Pedestres se protegem da chuva (Foto: Fox Press Photo/Folhapress)

A tarde de terça-feira (22) teve sol forte e temperaturas elevadas em toda a cidade. De acordo com as estações meteorológicas automáticas do CGE, os termômetros marcaram 32ºC em Perus, na Zona Norte e 30ºC em São Mateus, na Zona Leste. Os radares meteorológicos apontam áreas com nebulosidade alta e a entrada da brisa marítima faz com que áreas de instabilidades sejam formadas e chuvas com forte intensidade atingem toda a região.

+ "O dia em que meu carro foi levado pela enchente"

Deste as 17h, todas as regiões estão em estado de atenção. De acordo com o órgão, as zonas Norte e Leste, o centro e as marginais Tietê e Pinheiros têm risco de alagamentos. Às 18h10, a região da Zona Oeste e parte da Zona Sul entraram em estado de atenção. A subprefeitura do Ipiranga entrou em alerta, depois do transbordamento do Córrego Ipiranga. 

Atualmentem seis pontos de alagamento estão atrapalhando o paulistano e três deles estão intransitáveis: na Avenida Professor Abraão de Morais, no Ipiranga (nos dois sentidos) e na Rua Juquis, em Moema. Havia alerta de enchente também na Avenida Dr. Ricardo Jafet.

sp-chuva-alagamento-reproducao-globo
Chuva causa alagamentos na avenida Ricardo Jafet, na Zona Sul (Foto: Reprodução/TV Globo)

+ Amigo tentou impedir bombeiro de voltar ao museu em chamas

O solo encharcado e o aumento do nível dos rios e córregos, elevam o potencial para alagamentos, transbordamentos e deslizamentos de terra nas áreas de risco. Imagens de radar mostram precipitação com forte intensidade na Zona Norte, nos bairros do Tremembé, Mandaqui e Cachoeirinha. O mesmo quadro é observado no extremo da Zona Leste, nos bairros de Vila Jacuí, São Miguel paulista, Jardim Helena, Itaquera e Vila Curuçá.

Metrô

Por volta das 18h, em função da chuva, o Metrô passou a operar com velocidade reduzida nas linhas 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás, entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO