Dicas

Vejinha recomenda para as crianças

Confira CDs, livros, DVDs, games e sites para divertir a criançada

Por: Redação Veja SP - Atualizado em

Música de Brinquedo do Pato Fu_2185a
'Música de Brinquedo' é indicado para todas as idades (Foto: Divulgação)

CDs

Música de Brinquedo, Patu Fu (Rotomusic; R$ 25,60) 

Música de Brinquedo do Pato Fu_2185a
'Música de Brinquedo' é indicado para todas as idades (Foto: Divulgação)

Criado para ser mais um disco para adultos do Patu Fu, ‘Música de Brinquedo’ conquistou o público mirim. O trabalho é composto de covers de canções que influenciaram a banda, feitos com arranjos de instrumentos de brinquedo. Além disso, boa parte das músicas tem participação de Nina, a filha da vocalista Fernanda Takai e do guitarrista John Ulhoa, e de coleguinhas da menina nos vocais de apoio. Inclui versões surpreendentes de Paralamas do Sucesso, Ritchie, Titãs, Zé Ramalho e Elvis Presley, entre outros.

 

O Livro das Brincadeiras Musicais, Palavra Cantada (Editora Melhoramentos; R$ 59,00 cada um dos volumes)

O Livro das Brincadeiras Musicais - Palavra Cantada_2185a
O Livro das Brincadeiras Musicais do grupo Palavra Cantada é indicado para crianças de 5 a 11 anos (Foto: Divulgação)

Esta nova coleção do Palavra Cantada formaliza o que os músicos Sandra Peres e Paulo Tatit propõem há dezesseis anos: brincar a partir das canções. Cada um dos cinco volumes foi desenvolvido para uma faixa etária e vem com um disco, um DVD e um livro. Nas páginas estão instruções sobre as brincadeiras; no CD, a trilha sonora para a diversão; e, na versão em vídeo, uma demonstração animada de como tudo pode ser feito. O trabalho traz um novo personagem, o professor Beleléu, que fala sobre ritmos e instrumentos musicais, suas origens, materiais e processos de construção.

DVDs

Pequeno Cidadão, Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antonio Pinto (Microservice S&D; R$ 42,90) 

Pequeno Cidadão_2185a
'Pequeno Cidadão' é indicado para crianças de 6 a 11 anos (Foto: Divulgação)

Se já era bacana ouvir as canções dos roqueiros Arnaldo Antunes e Edgard Scandurra para crianças, assistir às animações que acompanham as músicas no DVD do grupo Pequeno Cidadão é ainda mais divertido. O clipe de ‘Tchau Chupeta’, vídeo da O2 Filmes, por exemplo, mostra a saga do apetrecho borrachudo no fundo do mar, depois de ser descartado pela criança, como propõem os autores da letra.

 

Tinker Bell e o Resgate da Fada (Buena Vista Sonopres; R$ 39,90 o DVD; e R$ 79,90 o Blu-ray)

Tinker Bell e o Resgate da Fada_2185a
'Tinker Bell e o Resgate da Fada' é indicado para crianças a partir de 3 anos (Foto: Divulgação)

Para os pais, essa simpática fadinha de cabelos claros e roupa verde vai sempre se chamar Sininho. Embora tenha mudado de nome — agora ela é Tinker Bell —, a personagem mantém a magia e o encanto das suas histórias. Na mais recente aventura, ela se encontra pela primeira vez com um humano. Lizzy é uma inglesinha que acredita no mundo e no pozinho mágicos. As duas criam uma relação muito especial e provam o verdadeiro poder da fé e da amizade.

GAMES

Toy Story, The Video Game (Disney Games; R$ 59,90 a R$ 199,00, dependendo do videogame) 

Toy Story, The Video Game_2185a
'Toy Story, The Video Game' é indicado para crianças a partir de 7 anos (Foto: Divulgação)

O objetivo deste game é ajudar os personagens Buzz, Woody e o resto da turma a garantir que ninguém fi que para trás quando Andy vai para a faculdade. Ao longo das fases, é possível reproduzir o enredo do filme homônimo ou desvendar um novo rumo para a história. Simples, o software oferece ajudas discretas aos jogadores e se equipara ao nível técnico de cada usuário. Disponível para os videogames X360, Wii, PS3, DS e PSP.

 

Super Mario Galaxy 2 (Nintendo; R$ 265,95) 

Super Mario Galaxy 2_2185a
'Super Mario Galaxy 2' é indicado para crianças a partir de 6 anos (Foto: Divulgação)

Trata-se de uma nova superprodução do mais pop dos personagens do videogame, Mario. Assim como na primeira edição do jogo, ele se lança no espaço sideral para salvar a princesa que foi capturada por alienígenas, mas agora há novos planetas e os personagens têm poderes especiais. Saltar entre astros, andar de ponta-cabeça, explorar diversos mundos e aproveitar a velocidade constante da inércia são atividades possíveis e esteticamente muito bem aproveitadas pelo poder visual que o console oferece.

LIVROS

Marco, o Barco, de Ted Hughes (Cosac Naify; 44 páginas; R$ 45,00) 

Marco, o Barco_2185a
'Marco, o Barco' é indicado para crianças a partir de 12 anos (Foto: Divulgação)

Jim Downer criou as ilustrações desta obra há mais de cinco décadas e pediu para o colega Ted Hughes escrever uma história para elas. Só em 2009, uma década depois da morte do autor, os manuscritos reapareceram, quando a viúva de Hughes os encontrou no meio de papeladas do marido. Relatada por Downer no posfácio, essa história já faz a publicação, prevista para chegar às livrarias neste mês, valer a pena. O outro enredo, que recheia as 44 páginas do livro, também é muito encantador. Trata-se das aventuras contadas em verso de um pequeno rebocador que se lança ao mar para viver perigosamente.

 

O que É uma Criança?, de Beatrice Alemagna (Martins Fontes; 40 páginas; R$ 39,80)

Livro O que É uma Criança?_2185a
'O que É uma Criança?' é indicado para crianças a partir de 12 anos (Foto: Divulgação)

“Criança tem mãos pequenas, pés pequenos e orelhas pequenas, mas não ideias pequenas”, escreve a escritora e desenhista italiana Beatrice Alemagna, vencedora do Prêmio Andersen na categoria melhor ilustradora. Ao longo de sua obra, a autora contrasta aspectos do comportamento adulto e infantil, sempre ressaltando o valor de ser criança. As palavras são acompanhadas por imagens divertidíssimas que misturam diferentes técnicas, como guache e colagem.

SITES

Club Penguin, www.clubpenguin.com/pt 

Site Club Penguin_2185a
'Club Penguin' é indicado para crianças de 6 a 14 anos (Foto: Divulgação)

A proposta deste game on-line é criar avatares a partir da silhueta de pinguins coloridos e dar vida a eles na web. O jogo pode ser monitorado pelos pais. O endereço pede o e-mail do responsável, e é ele quem deve finalizar o acesso e escolher modalidades de controle.

 

Jogos de Menina, www.jogosdemenina.com.br 

Jogos de Menina_2185a
'Jogos de Menina' é indicado para crianças de 3 a 7 anos (Foto: Divulgação)

Este site concentra dezenas de passatempos divididos em modalidades, como Arrume e Decore, Colorir ou Maquiagem e Acessórios. A maior parte das atividades é dedicada às meninas, mas há atrativos para os garotos também, sobretudo nas imagens para colorir.

OS MAIS VENDIDOS*

LITERATURA INFANTOJUVENIL

1. De Onde Viemos?

Arthur Robins e Peter Mayle — ZASTRAS

2. Club Penguin — Aquela do Pinguim...

Disney — MELHORAMENTOS

3. O Guia Oficial do Club Penguin

Disney — MELHORAMENTOS

4. O Último Olimpiano

Rick Riordan — INTRÍNSECA

5. Club Penguin — O Passageiro Clandestino

Disney — MELHORAMENTOS

6. Club Penguin — O Aprendiz de Inventor

Disney — MELHORAMENTOS

7. Atividades da Turma da Floresta

N/CC. — CLIO EDITORA

8. O Ladrão de Raios

Rick Riordan — INTRÍNSECA

9. Como Virar uma Princesa em Até 7 Dias

Lesley Rees — NOBEL

10. Os Arquivos do Semideus

Rick Riordan — INTRÍNSECA

PUERICULTURA

1. A Encantadora de Bebês Resolve Todos os Seus Problemas

Melinda Blau e Tracy Hogg — MANOLE

2. O que Esperar Quando Você Está Esperando

Arlene Eisenberg, Heidi Murkoff, S.E. Hathaway — RECORD

3. Mães, Pais e Seus Bebês

Miriam Stoppard — MARCO ZERO

4. A Agenda da Gravidez

Christine A. Harris — MARCO ZERO

5. Criando Meninos

Steve Biddulph — FUNDAMENTO

6. Quem Ama, Educa! Formando Cidadãos Éticos

Içami Tiba — INTEGRARE

7. Nana Nenê — Como Resolver o Problema da Insônia do Seu Filho

Eduard Sancho Estivill e Sylvia de Bejar — MARTINS FONTES

8. Filhos — Da Gravidez aos 2 Anos de Idade

Fábio Ancona Lopez — MANOLE

9. Shantala

Frederick Leboyer — GROUND

10. Filhos Brilhantes, Alunos Fascinantes

Augusto Cury — PLANETA

• *Ranking calculado com base nas vendas realizadas entre 1º e 15 de setembro

• Fontes: FNAC, Laselva, Livraria Cultura, Livraria da Vila, Martins Fontes, Nobel, Saraiva

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO