Beleza

Nova grife promete acirrar concorrência no mercado de esmaltes

Americana O.PI. deve iniciar vendas no país no mês de dezembro. Cada vidrinho custará cerca de 35 reais

Por: Flora Monteiro

Unhas e Cores - esmaltes 2240
Prateleira da Unhas e Cores, em Moema: 700 tipos de esmalte (Foto: Cida Souza)

A sigla O.P.I parece nome de remédio ou de ala de hospital, e há quem fique, de fato, doente por ela. Para os não iniciados no circuito fashion, cabe a introdução: trata-se da marca americana de cosméticos que vem se espalhando pelos salões mais badalados da cidade desde 2009, quando a moda dos esmaltes-acessório aposentou a monotonia dos tons mais básicos de vermelho, rosa e branco. Pois a grife está prestes a deslizar suas garras em território nacional: hoje trazidos do exterior ou encontrados apenas nas manicures chiques, os vidrinhos passarão a ser vendidos por cerca de 35 reais em drogarias e perfumarias em dezembro. Ajudarão a espalhar pelas ruas da metrópole, assim, cores de sucesso batizadas com nomes engraçadinhos nos Estados Unidos, como o marrom Suzi Loves Cowboys (Suzi Adora Caubóis), o laranja Are We There Yet? (Já Chegamos?) e o pink It’s All Greek to Me (Para Mim, É Tudo Grego).

+ Esmaltes de cores as mais variadas fazem a cabeça (e as mãos) das paulistanas

+ O mundo é dos esmaltes

+ Isabella Fiorentino ensina como escolher a cor dos esmaltes

Partindo para seu terceiro verão, a onda dos esmaltes com alto status não tem mais nada a provar. Como aconteceu com as calças jeans, que no início dos anos 2000 se valorizaram às alturas com o sucesso de etiquetas como Diesel, o produto deixou de vez de ser apenas um cosmético. Agora, porém, a concorrência acirradíssima cria uma paleta tão imensa que não há mais uma cor única do momento, como quando a francesa Chanel inaugurou a tendência com o verde Jade, apresentado na temporada de desfiles de outono- inverno de Paris, em 2009. Falando em Chanel, neste ano uma de suas apostas é o amarelo batizado de Mimosa. A Dior investe em tons de dourado e prata.

A empresária Deborah Lippmann, dona de marca homônima do produto, também conquistou um espaço valioso no mundo da beleza. Com a criação das inconfundíveis tintas com glitter e de uma linha assinada por celebridades como Lady Gaga, Deborah prepara sua entrada no mercado nacional. Atendendo aos vários pedidos de brasileiras feitos por e-mail, a empresária procura parceria com um distribuidor para vender seus itens aqui. Não à toa. Estará de olho, assim, em um mercado em expansão galopante, no qual o faturamento deve saltar de 336 milhões de reais em 2009 para 616 milhões neste ano. Poucos mercados são tão democráticos. Uma unidade do produto pode sair por 2 reais nas marcas de produção brasileira como Impala, Risqué, Colorama e Hits, ou 92 reais, preço de um Chanel na butique da marca, nos shoppings Iguatemi e Cidade Jardim.

Roberta Resende - esmaltes 2240
A empresária Roberta Resende: o faturamento da loja em Moema dobra mês a mês (Foto: Cida Souza)

A publicitária Roberta Resende abriu há quatro meses o espaço Unhas e Cores, em Moema, e colhe os frutos do sucesso. Entre os 700 tipos de esmalte, 450 vidros são de grifes internacionais. “Percebi o aumento da demanda pelas marcas vindas de fora e decidi investir nelas”, conta. “O salão tem mais de 800 clientes regulares e seu faturamento dobra mês a mês”, calcula. O Picnicdric, inaugurado em agosto de 2010 dentro da loja da estilista Adriana Barra, nos Jardins, tem pedido às clientes que marquem horário com uma semana de antecedência. Difícil ali é escolher uma só cor entre as mais de 1.000 opções, dilema proporcional ao sucesso dos produtos, o que deixa as clientes aflitas, com medo de exagerar. Proprietária do salão Detrich, em Moema, Juliana Diniz tranquiliza. “Hoje, estamos livres dos tabus e podemos abusar do brilho e das cores que mais nos agradam”, diz, fazendo coro com outras especialistas que defendem a ideia de que, no próximo verão, tudo será tendência. “Perca o medo e aproveite.”

Adriana Barra esmalte 2240
A estilista Adriana Barra, no salão Picnicdric: agendamento com uma semana de antecedência (Foto: Divulgação)

AS FERRARI DESSA ÁREA Algumas das marcas mais badaladas

OPI esmalte 2240
(Foto: Divulgação)

O.P.IEm dezembro, a grife promete iniciar as vendas no país. Mermaid’s Tears, item da coleção Piratas do Caribe, foi um dos hits do verão americano

Chanel esmalte 2240
(Foto: Divulgação)

Chanel

Sempre com lançamentos inusitados, a empresa aposta no amarelo Mimosa. R$ 92,00 na butique Chanel dos shoppings Iguatemi e Cidade Jardim

Dior esmalte 2240
(Foto: Divulgação)

Dior

O clássico vermelho 999 nunca sai de moda e atravessa os anos como um dos tons mais requisitados. R$ 74,00 na loja da Christian Dior, na Rua Haddock Lobo

Deborah Lippmann esmalte 2240
(Foto: Divulgação)

Deborah Lippmann

Os vidrinhos cobiçados da marca são difíceis de ser encontrados no país, mas os salões especializados costumam ter boa variedade da marca

Fonte: VEJA SÃO PAULO