46 anos

Tuca comemora aniversário com mostra e centro de memória

Pôster de “Morte e Vida Severina” é uma das relíquias expostas no teatro

Por: Adriano Conter - Atualizado em

Morte e Vida Severina
Cartaz da peça "Morte e Vida Severina": encenação foi a primeira a ocupar o palco do Tuca (Foto: Reprodução/Arquivo)

O Tuca comemora seus 46 anos e inaugura seu Centro De Documentação e Memória (CDM), um espaço no próprio teatro com 30 mil documentos digitalizados e cerca de 300 caixas com registros da história do local. As visitas são gratuitas e devem ser agendadas.

+ Onde comer perto do Tuca

+ As melhores peças em cartaz

Ainda para marcar o aniversário, o Tuca estreia uma exposição de cartazes das principais peças e shows que passaram por seu palco. A mostra, também gratuita, fica aberta durante o horário de funcionamento do prédio, de segunda a sexta, das 10h às 18h, até 23 de outubro.

Entre os trabalhos gráficos exibidos, está o pôster de “Morte e Vida Severina”, primeira encenação a ocupar o teatro, em 1965, com música de Chico Buarque

Fonte: VEJA SÃO PAULO