Relaxante

Dicas de beleza para depois da farra

Saiba como cuidar da pele, dos cabelos e do corpo depois da bagunça no Carnaval

Por: Anna Carolina Oliveira - Atualizado em

limpeza-de-pele - Divulgacao
Beleza: limpar e hidratar a pele são passos fundamentais para uma cútis sudável (Foto: Divulgação)

Depois de quatro dias pulando, trocando o dia pela noite e não se alimentando de forma equilibrada, é natural que o corpo apresente alguns sinais típicos do pós-Carnaval. Inchaço, desidratação, dores musculares e cansaço são só alguns deles. Fomos atrás de especialistas, que ensinam como atenuar esses efeitos e recuperar cada parte do corpo:

Pele

“As pessoas normalmente desgastam a pele por causa do cansaço e dos excessos de álcool e de exposição ao sol”, explica a dermatologista Lígia Kogos. Segundo ela, a combinação desses três fatores deixa a cútis com um aspecto ressecado, inchado e avermelhado, sem falar nas olheiras e bolsas nas pálpebras inferiores.

Para consertar o estrago, basta seguir três passos simples. O primeiro é limpar bem a pele com um sabonete forte _ aqueles à base de enxofre, por exemplo _ ou com uma loção hidroalcoólica. Isso, aliado a movimento circulares de massagem, irá eliminar os resíduos dos poros e aliviar a sensação de inchaço. A segunda etapa consiste em dar vida ao rosto com um hidratante à base de vitamina C, que, por combater os radicais livres, ajuda a descansar e a revitalizar a pele. “Você pode aplicar uma vez pela manhã e outra antes de dormir”, ensina a dermatologista.

O terceiro passo é específico para quem foi vítima do efeito “camarão”. “Cremes que contenham pantenol, silicone, aloe vera ou alantoína aliviam o desconforto da pele queimada, além de disfarçar o aspecto descascado”, explica Lígia.

Se você tem tempo e dinheiro, também vale investir em tratamentos dermatológicos, como os peelings superficiais. Uma opção é o de cristal, que vai fazer a pele danificada escamar e, depois da hidratação, deixará a nova cútis mais vistosa. Contudo, Luciane Donida Bartoli Miot, da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Regional do Estado de São Paulo, faz um alerta: “Se a pessoa estiver muito bronzeada ou com a pele sensível, é melhor hidratar bem a face antes do procedimento”.

Cabelo

Segundo Luciane, a primeira coisa a fazer para recuperar os cachos é agendar um horário no salão de beleza e passar a tesoura. “A pessoa não precisa cortar muito, basta eliminar a parte ressecada do cabelo e as pontas duplas. “Mas, se a mudança no visual não está nos seus planos, uma sugestão para transformar a palha em seda é usar um shampoo antirresíduos para uma boa limpeza e, depois, hidratar os fios, do meio para as pontas, com um condicionador ou um leave-in.

Corpo

Depois de várias horas no agito, o corpo mostra sinais de cansaço e dores musculares. Nessas situações, um bom ajuste feito por um quiropraxista pode ajudar _ e muito!. A quiropraxia é um movimento rápido feito com as mãos que, não raras vezes, provoca um estalo no ato da “torção”. Mas nada de pânico. Os quiropraxistas são profissionais habilitados e usam técnicas aprovadas para colocar tudo no lugar. “É natural que a pessoa que pulou Carnaval tenha um estresse muscular ou um desalinhamento do sistema articular”, conta Cláudio José de Souza, da Associação Brasileira de Quiropraxia.

Ana Paula Facchinato, quiropraxista e pós-graduada em residência clínica pela Western States Chroptactic College, garante que esse é um tratamento rápido, eficaz, com bem-estar imediato.

Outras opções de relaxamento são: acupuntura, bandagem terapêutica _ técnica comum entre esportistas que consiste em espécies de fitas elásticas aplicadas no lugar da lesão _, ioga e massagem.

Se não há tempo para essas terapias, siga essa outra boa dica de Lígia Kogos: borrifar essência de eucalipto no banheiro e deixar acumular vapor. “O efeito é parecido com o de uma sauna, relaxando o corpo e deixando o espírito mais zen.”

Para os pés, Lígia sugere deixá-los um pouco na água quente do chuveiro ou em uma bacia. Em seguida, massagear com um creme à base de ureia e ácido glicólico, para afinar a pele e amenizar as dores. Por último, se os pés continuarem ressecados e um pouco ásperos, passe um hidratante e os enrole em filme de PVC ou em saco plástico. “Vá dormir com os pés assim. Quando você acordar, eles estarão mais macios”, garante.

Fonte: VEJA SÃO PAULO